“A questão da corrupção é muito antiga e é um problema permanente”, afirma vice-procurador-geral da República

A luta contra a corrupção significa não só você fiscalizar os atos dos outros, mas também os seus próprios. Entender que cada um de nós precisa respeitar a lei no cotidiano”. Foi com esse destaque que o vice-procurador-geral da República, Luciano Mariz Maia, proferiu a palestra ‘Improbidade administrativa, corrupção e suas consequências para a sociedade brasileira’, na tarde desta quarta-feira (28), dentro do ciclo ‘Diálogos da Democracia’, promovido pela Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP).

O evento aconteceu no auditório Ariano Suassuna do Tribunal de Contas do Estado da Paraíba (TCE-PB) e contou com a participação do promotor Carlos Romero Lauria Paulo Neto, do Ministério Público da Paraíba (MPPB), e do coordenador do Núcleo do Combate à Corrupção do Ministério Público Federal na Paraíba (MPF-PB), Sérgio Rodrigues Pimentel de Castro Pinto.

Para o palestrante, mais do que nunca é importante discutir improbidade administrativa em qualquer oportunidade, sendo também necessário discutir qual o tipo de sociedade o povo almeja.

Precisamos não roubar, não deixar que roubem e botar na cadeia os que roubam. A questão da corrupção não é nova, é muito antiga. Vivemos agora um período da Semana Santa em que relembramos um momento de delação premiada em que houve a compra de Judas. Podemos dizer que Judas foi corrompido pelo dinheiro”, comprou.

Para ele, a corrupção é um problema permanente e é dever de cada geração fiscalizar, impedindo novos atos e responsabilizando os anteriores. “Precisamos fiscalizar que o dinheiro tirado do povo seja devolvido ao povo com obras e serviços”, defendeu.

Carlos Romero Lauria Paulo Neto falou que o assunto interessa a toda sociedade e que o Ministério Público e a Câmara (Municipal) têm  uma pauta comum, que é a defesa dos interesses da sociedade. “O respeito a lisura e a defesa da moralidade administrativa tem destaque neste evento, em um momento em que  a sociedade tem levado esse tema de forma muito séria”, afirmou.

Em sua fala, Sérgio Rodrigues destacou a importância de provas materiais no momento em que os investigados firmam um acordo de colaboração premiada.

O presidente da CMJP, vereador Marcos Vinícius (PSDB) comentou sobre as palestras que a Casa vem realizando desde o ano passado, com temas de grande relevância para a população.

Neste momento, doutor Luciano Pires nos traz um tema que está bastante em evidência, que é o combate à corrupção.  Como vice-procurador-geral da República, ele tem máxima autoridade para debater com um assunto de tamanha importância”, destacou.

O evento foi prestigiado pelos vereadores  Lucas de Brito (Livres), primeiro vice-presidente da Casa; Milanez Neto (PTB) e Carlão (PSDC), vereadores de outros municípios, advogados e estudantes, entre outros.

No final, o convidado recebeu da mesa diretora da CMJP o diploma de participação no ‘Diálogos da Democracia’, ciclo de debates iniciado ano passado, em função dos 70 anos de reinstalação do Legislativo Municipal.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.