Comissão proposta de Rômulo que acaba com cobrança indevida de esgoto

A Comissão de Trabalho, de Administração e Serviço Público aprovou a proibição da cobrança conjunta pelos serviços de água e esgoto em localidades que não disponham de rede de esgoto. A proposta do deputado federal Rômulo Gouveia disciplina a cobrança e acaba com o pagamento indevido pela coleta de esgoto.

Além de ser feita separadamente para cada um dos serviços, a cobrança só poderá ser conjunta se os dois serviços estiverem disponíveis ao consumidor. Assim, quem não tem rede coletora no imóvel não será cobrado.

Relatora da matéria, a deputada Gorete Pereira (PR-CE) recomendou a aprovação da medida – Projeto de Lei 4007/15, do deputado Rômulo Gouveia (PSD-PB).

Ela considerou que, em vez de criar novos dispositivos na Política Nacional de Saneamento Básico (Lei 11.445/07), faz mais sentido alterar a redação atual da lei, a fim de deixar claro que empresas públicas ou privadas não podem cobrar pelo esgotamento sanitário em municípios que não ofereçam esse serviço.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.