“Estou sendo perseguido e se Veneziano entrar, eu saio”; dispara Janduhy Carneiro

Após o estremecimento do deputado federal Veneziano Vital com o seu partido, o PMDB, foram iniciadas especulações sobre sua ida a outros partidos. Um destes partidos é o Podemos, que é presidido na Paraíba pelo deputado estadual Janduhy Carneiro, que tem um posicionamento oposto a Veneziano.

Nesta terça-feira (02), Janduhy já se adiantou e afirmou que se Veneziano realmente for para o Podemos, não enxerga a possibilidade de permanecer no mesmo partido. “Eu não terei condições de permanecer porque ele tem uma linha de alinhamento com o governo do estado. E eu sou um deputado da oposição e não irei me curvar a passar para o governo”, afirmou Janduhy.

O deputado estadual acredita que se houver a concretização da ida de Veneziano ao Podemos, existe a indicação de que o partido irá se aliar ao Governo Estadual. No entanto, ele defende que não irá se dobrar a esta vontade. Janduhy considera que “eu vejo difícil esse espaço para ele e para mim dentro do partido”.

Janduhy ainda afirmou que preza pela sua linha de independência nos momentos de votação na Assembleia Legislativa e que pretende seguir votando apenas a partir de suas convicções. “Mesmo que eu venha a perder a direção do partido, eu não me curvarei aos interesses do governo de ter que levar o partido para o governo e ter que aderir ao governo”, defende o deputado.

Ele ainda adiantou que tem conversado com outros partidos e recebido convites para ingressar em outras legendas, no entanto, acredita que precisa aguardar mais um pouco para tomar essa decisão. “Eu não tenho pressa, primeiro porque nada foi concretizado. Eu vou aguardar uma posição oficial da presidente do partido”, finalizou o parlamentar.

 

Com ClickPB

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.