Anísio diz que Alexandre Moraes será ministro do ‘Golpe’ e que irá defender o acordo de Temer

O deputado estadual Anísio Maia (PT) analisou na manhã desta quarta-feira, 22, a sabatina no Senado de Alexandre de Moraes, indicado pelo presidente Michel Temer, para vaga no Supremo Tribunal Federal (STF). “O ministro da Justiça do golpe terá agora papel de defender Temer e seus colegas de governo na Suprema Corte, garantindo o grande acordo nacional para estancar a Lava Jato”, afirmou.

“Entre os critérios para ser ministro do STF está a necessidade de conduta ilibada, o que Alexandre de Moraes está muito longe de ter. O indicado de Temer plagiou livros e mentiu sobre sua titulação acadêmica, é suspeito de enriquecimento ilícito, tem relação mal explicada com o PCC, omitiu empresas na sua declaração de bens e vazou informações da Lava Jato em um palanque eleitoral”, afirmou Anísio Maia.

Anísio Maia ainda lembrou a festa em um barco de luxo da qual Moraes participou com os senadores que iriam sabatiná-lo. “É o mais completo escárnio e o triunfo do cinismo. A festa naquele iate foi a verdadeira sabatina. Os senadores citados na Lava Jato precisavam ter certeza de que Moraes também os protegeria.”

“Além da missão de defender os políticos do PMDB e do PSDB na Lava Jato, Moraes foi escolhido por ser a imagem e semelhança do governo que o indicou. É repressor de movimentos sociais, inimigos de professores e estudantes, defensor da tortura e até já maquiou dados sobre a segurança pública, quando era secretário em São Paulo. Só um golpe leva alguém sem reputação ilibado ao STF”, concluiu.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.