Ricardo volta a afirmar não aceitar imposição de Temer e revela nova reunião com governadores

O governador Ricardo Coutinho (PSB) voltou nesta quinta-feira (24), a afirmar que ainda não há um consenso entre os governadores do Nordeste, acerca das medidas abordadas pelo presidente Michel Temer (PMDB), em recente reunião com os chefes de estado e, revelou, que os gestores deverão se reunir para discutir essas questões: “Temos que preservar a autonomia dos estados”, disse.

“Estamos ainda estudando, devo ter uma reunião sexta-feira com os governadores e nela vamos ter oportunidade de debater algumas coisas. Os estados têm que preservar a autonomia, não podemos ter medidas que venham de cima para baixo”, disse, lembrando que a Paraíba já corta gastos desde 2011 e não tem como tomar as mesmas medidas de outros estados que não fizeram.

Já sobre o aumento da alíquota da Previdência, Ricardo também reclamou afirmando que não adianta acrescer no valor que o Governo Federal acha que seja necessário sem cálculo prévio. “Nós na Paraíba, mais que ninguém, sabemos como economizar, tanto queo Estado consegue ainda caminhar diferente da maioria, mas tenho que ter responsabilidade social, não vim governar para pagar folha, tenho que ampliar a rede hospitalar, melhorar educação, olhar para o Estado como um todo”, disse.

“Acho que apenas começamos a negociação e precisa ser como o presidente, a negociação é política e não simplesmente técnica. Os estados e seus governadores compreendem isso e querem convergir no país para um conjunto de medidas que respeitem as particularidades”, comentou.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.