Adriano diz que prefeitura de Campina ignora políticas para juventude

Falta de espaços para jovens, áreas de lazer e políticas para juventude. Essas foram as principais reclamações da população durante a plenária Fala Campina, realizada pelo Partido Socialista Brasileiro, no bairro Catolé, na Rainha da Borborema, nesta segunda-feira (25).

O pré-candidato à prefeitura de Campina Grande, Adriano Galdino, lamentou o descaso e a falta de atenção da atual gestão municipal com os jovens da cidade e falou da importância de criar espaços para que se fomente atividades de cultura e lazer para a juventude. “A atual gestão municipal não criou condições nem políticas públicas para juventude. Nós queremos fazer diferente. Vamos criar a Secretaria de Juventude para que o nossos jovens possam ter, de fato, políticas públicas que os contemplem. Nós queremos promover o desenvolvimento da juventude, criar políticas públicas que possam ir além e incentivar as politicas afirmativas, e fomentar uma cultura de paz, respeitando as lideranças, apoiando a livre expressão da cultura”, afirmou Adriano.

O Secretário de Estado da Juventude, Esporte e Lazer, Bruno Roberto, ressaltou necessidade da inserção da juventude na política. “Precisamos ter consciência da importância da participação do jovem na política. A administração pública é o principal instrumento para mudar a vida da população e é preciso assumirmos o compromisso com a juventude. Campina precisa de investimentos no campo da juventude e do esporte. O governo do Estado tem feito sua parte, mas é preciso que a prefeitura tenha a sensibilidade e responsabilidade para criar políticas públicas”, afirmou o secretário.

O vereador do Partido Socialista Brasileiro, Anderson Maia, disse que a pré-candidatura de Adriano representa a força do trabalho, projeto que vem mudando os rumos da Paraíba desde 2011. “Campina tem opção de mudança. A candidatura de Adriano representa a continuidade do trabalho realizado pelo projeto do PSB no Estado”, ressaltou o vereador.

O representante da União da Juventude Socialista, Jonas Guedes, falou sobre a falta de políticas públicas para juventude por parte da administração municipal. “Não existem espaços e políticas públicas para o jovem negro. A insegurança da juventude e do negro é gritante. Vamos sair desse encontro com propostas eficientes e que possam contemplar a juventude como um todo”, pontuou Jonas.

Também participaram da plenária, o presidente municipal do PSB, Thompson Mariz; o presidente do PSL, Álvaro Neto; representante do conselho Municipal da Juventude, Jéssica Barbosa; o representante da associação da Juventude pelo Resgate à Cultura e Cidadania, Ângela Barbosa; presidente da Juventude Socialista Brasileira, Cida Cantalice; primeiro secretário da juventude Socialista Brasileira, Cícero Alves, além de pré-candidatos a vereadores e lideranças políticas da região

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.