Paraíba supera índice de 2018 e encerra Jogos Escolares da Juventude com quatro medalhas de ouro

Depois de duas semanas de competição foram encerrados, neste sábado (30), os Jogos Escolares da Juventude 2019, em Blumenau (SC). A delegação da Paraíba volta com quatro medalhas de ouro, uma de prata e ainda seis de bronze, totalizando 11. O desempenho neste ano superou o de 2018, que obteve 12 no geral, entretanto nenhum ouro. Daniel Azevedo, na natação, foi campeão em três provas (100 costas, 50 costas e 200 medley) e a delegação paraibana computou a quarta dourada com Gemerson Santos, na modalidade de luta olímpica.

As lutas ainda deram mais quatro alegrias, já que Rúbia Ferreira ficou com a prata e Kaliane Cristiano e Adryanny Santos, levaram o bronze. As outras terceiras colocações no pódio foram da dupla de vôlei de praia, Pablo e Isaac e ainda Cláudio Galdino, no judô, além de Yasmin Soares, no xadrez. Os Jogos foram organizados pelo Comitê Olímpico do Brasil (COB) e envolveram atletas entre 12 e 17 anos.

A delegação da Paraíba, que contou com o apoio do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Juventude, Esporte e Lazer (Sejel) foi composta por 206 integrantes, entre atletas, técnicos e dirigentes. “Temos de reconhecer a excelente participação dos nossos atletas, pois os quatro ouros conquistados já deixam o desempenho deste ano superior ao do ano passado e de várias outros anos anteriores e ainda melhor do que inúmeros estados que competiram”, explicou o educador físico Ricardo Ambrósio, que integrou a equipe de dirigentes da delegação da Paraíba em Santa Catarina.

O secretário Hervázio Bezerra, da Sejel, ressaltou o desempenho nos Jogos Escolares e Paraescolares da Paraíba nas suas fases, assim como o investimento para a viagem. “O trabalho bem feito nas fases regionais dos Jogos da Paraíba, que foi realizado nos 14 polos principais do estado, envolvendo quase todos os municípios, bem como sua etapa estadual, surtiram efeito positivo e por isso, o Governo do Estado acreditou e viabilizou com muito esforço as passagens aéreas”, frisou.

“Além de tudo isso, o potencial e a vontade de vencer de cada atleta e técnico, também foram determinantes para que o nosso estado finalizasse bem essa competição, que contou com representantes de todos os estados brasileiros e ainda o Distrito Federal, além de convidados de outros países. Para 2020, há sim, ânimo com o intuito de realizar mais um grande calendário esportivo para movimentar o segmento mais uma vez pelo estado e lá fora”, concluiu o secretário.

Paralimpíadas Escolares – Nas Paralimpíadas Escolares, realizadas em São Paulo, entre os dias 19 e 23 de novembro, os paratletas, que também tiveram o apoio do Governo do Estado, conquistaram 66 medalhas, ficando na sexta colocação geral e o primeiro das regiões Nordeste e Norte. “No total para São Paulo viajaram 105 pessoas, que conseguiram representar dignamente a Paraíba no paradesporto”, disse Jean Klaud, gerente executivo do paradesporto da Sejel.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.