Paraíba ganha 66 medalhas e conquista 1º lugar do Norte/Nordeste nas Paralimpíadas

Garra, superação e vontade de vencer. Foi com esses sentimentos que a delegação da Paraíba encerrou, nesta sexta-feira (22), sua participação nas Paralimpíadas Escolares realizadas em São Paulo, onde conquistou 66 medalhas, sendo 35 de ouro, 17 de prata e 14 de bronze. Pela classificação final divulgada pelo Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB), responsável pelo evento, que teve a duração de três dias, os paraibanos ficaram na 6ª posição geral, sendo o melhor índice do Norte e Nordeste do país, ficando atrás apenas de São Paulo, Santa Catarina, Distrito Federal, Goiás e Minas Gerais.

O chefe da delegação da Paraíba, Jean Klaud, atribuiu o alto quantitativo de medalhas conquistadas à determinação dos paratletas, assim como a política pública voltada para o segmento no estado. “A determinação de cada um, mesclada com tudo que foi trabalhado pelo Governo do Estado em 2019 na área do paradesporto, foi o resultado desse sucesso e a Paraíba volta com o melhor desempenho das regiões do Norte e Nordeste do Brasil. Sem falar também que, se não fosse o apoio com o transporte aéreo, dificilmente estaríamos em São Paulo disputando essa competição, a maior do paradesporto escolar brasileiro”, disse.

O secretário da Juventude, Esporte e Lazer, Hervázio Bezerra, destacou o empenho do Governo como um todo para o sucesso. “O deslocamento desses paratletas, técnicos e dirigentes, foi graças a um esforço concentrado entre órgãos e secretarias que integram a gestão estadual e como resultado uma alegria tremenda, pois, no meio de 26 estados, a Paraíba terminou numa posição privilegiadíssima. De parabéns o paradesporto paraibano e fiquemos agora na torcida aos atletas em Blumenau, que estão nos Jogos Escolares da Juventude”, destacou Hervázio.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.