Ex-ministro petista do Governo Dilma é condenado a mais de 10 anos por lavagem de dinheiro

O Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais (TRE-MG) condenou o ex-governador Fernando Pimentel (PT) a 10 anos e 6 meses de prisão por tráfico de influência e lavagem de dinheiro, no inquérito que apura irregularidades no período em que Pimentel foi ministro do Desenvolvimento, no governo Dilma, entre 2011 e 2014.

O empresário Benedito Rodrigues de Oliveira, o “Bené”, que teria prestado serviços para a campanha de Pimentel ao governo de Minas em 2014 e ajudado no esquema de caixa 2, também foi condenado.

Marcos Coimbra, sócio da Vox Populi, e Marcos Hiran Novaes, empresário, também foram condenados. Cabe recurso da decisão.

G1 Minas

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.