Em entrevista a TV, Romero destaca o Complexo Aluízio Campos e obras de mobilidade como legados de sua gestão

Com uma programação de entrega de obras neste mês de outubro na ordem de R$ 350 milhões, o prefeito Romero Rodrigues destacou, durante entrevista ao Programa Ideia Livre, da TV Itararé, na noite desta terça-feira (22), que os investimentos de sua gestão na área de infra-estrutura se constituem parte considerável de sua administração em Campina Grande. Só com o Complexo Aluízio Campos, cujo conjunto habitacional será entregue nos próximos dias, a aplicação dos recursos federais e municipais chegam a R$ 300 milhões, mas outras obras em toda a cidade também foram ressaltadas na sabatina à Itararé.

Só com o “Aluízio Campos” – considerada pelo prefeito como a mais importante obra da história de Campina Grande -, Romero Rodrigues evidencia as vantagens de se entregar um conjunto planejado: são 4.100 unidades habitacionais, com 3.992 hits de energia solar por casa,  75 ruas e avenidas pavimentadas em asfalto,  mais de 700 pontos de luz com iluminação em led, duas alças de asfalto de acesso na BR-104, cinco centros de convivência, com salão de festas,  10 praças com academias de Saúde, duas  escolas padrão FNDE, com ginásios de esportes cobertos, três creches,  um Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) e duas unidades básicas de Saúde.

Mais 117 ruas pavimentadas e Alça Leste

De acordo com o prefeito, depois de um impacto em termos de pavimentação em todas as regiões da cidade, através do Programa Cresce Campina, com quase 600 ruas contempladas desde 2013, nas áreas urbana e rural, já está pronto para lançamento um novo pacote de obras dentro do Plano Municipal de Mobilidade Urbana que beneficiará mais 117 ruas em 38 bairros campinenses. Nessa nova fase do “Cresce”, até mesmo a construção de calçadas está prevista em grande parte das vias públicas.

Uma outra obra destacada por Romero Rodrigues – na entrevista concedida aos jornalistas Arimatéa Souza, Valderedo Borba e Carlos Souza, além do professor Fábio Machado – foi a Alça Leste, uma via urbana que beneficia cinco bairros da Zona Leste, ao longo de 10 quilômetros, iniciada no Mirante, na BR-230, e concluída no Santo Antônio. Após um período suspensa, por conta de impasses já vencidos em relação a desapropriações de terrenos, a Alça teve os serviços retomados e deverá ser inaugurada até o início de 2020.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.