Prefeitura de Campina realiza segunda edição do evento “Super Mulheres Empreendedoras”

Na manhã desta sexta-feira (18), na Praça da Bandeira, foi realizada a segunda edição do evento “Super Mulheres Empreendedoras”, promovido pela Prefeitura de Campina Grande, por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico (SEDE).

Além da participação dos órgãos municipais, a SEDE contou com as parcerias do BNB, da Associação de Mulheres do Peito, da Delegacia da Mulher, da Embeleze, da UNESC, do Grau Técnico, e do IFPB. Já a animação ficou por conta das cantoras Annie Figueiredo, Jeniffer Araújo e das Princesinhas do Brasil. As apresentações musicais foram iniciadas às 9h e terminaram ao meio-dia.

A secretária municipal de Desenvolvimento Econômico, Rosália Lucas, agradeceu às parcerias na realização do evento. “Nós iniciamos, na Feira Central de Campina Grande, o ‘Super Mulheres Empreendedoras’, agora trazendo o evento para o centro da cidade. O prefeito Romero tem essa preocupação de oferecer políticas públicas para as mulheres e vamos levar para os bairros. No próximo mês estaremos no bairro de José Pinheiro. Levaremos também essa prestação de serviços para a Feira das Malvinas”, declarou.

De acordo com Rosália, a SEDE estimula as mulheres para que continuem o seu trabalho e, nesta manhã, foram oferecidas orientações sobre empreendedorismo, cuidados com a saúde, informações a respeito de empréstimos para o Empreendedor Individual, realizados através do Banco do Nordeste do Brasil (BNB). “Aqui temos o apoio da Prefeitura, através do Sine Municipal, que está recebendo currículos, da STTP na organização do trânsito no entorno da Praça da Bandeira, das secretarias municipais de Serviços Urbanos e Meio Ambiente na distribuição de mudas e da Assistência Social através do CRAS”, disse.

Várias tendas foram armadas na Praça para o atendimento à mulher. Na da Associação Mulheres de Peito foram vendidos chaveiros, camisas e a boneca Maria. Com o lucro da venda desses produtos, a Associação contribui para que mulheres carentes, com câncer de mama, realizem os exames necessários durante o tratamento. “Eventos como este nos dão visibilidade para desenvolver o projeto e nos ajudam a orientar outras mulheres”, comentou Maria José Rodrigues, paciente e voluntária da Associação.

Nas tendas da UNESC foram oferecidos serviços de verificação da pressão arterial, glicose e o autoexame de mama. “É muito relevante esse tipo de evento. Mostra a importância do autocuidado não apenas no mês de outubro, com a divulgação do Outubro Rosa, mas para todos os outros meses do ano”, destacou Vitória Morais, da UNESC Faculdades.

A UNESC também ofereceu serviços de ventosa terapia, massagem relaxante, alongamentos e ginastica laboral. Natália Gomes, da UNESC, destacou que esse tipo de ação é um atrativo para sociedade e que uma série de informações são passadas para orientação e prevenção na área da saúde.

Os alunos do Grau Técnico, acompanhados pela professora Histalfia Barbosa, também prestaram serviços de aferição da pressão arterial. “Esse tipo de ação nos proporciona a oportunidade de atender e orientar, de forma atenciosa e humanizada”, afirmou a professora.

O Sine Municipal divulgou as vagas disponíveis e fez encaminhamentos para as empresas. Através do Sine Itinerante, que busca levar esse serviço para outros bairros, informando sobre as vagas de emprego àqueles que não podem comparecer a sede. “Fazemos um papel de intermediador, apresentando ao trabalhador a vaga existente e apresentando ao empresário o trabalhador que precisa da vaga” explicou Lucia Santos, coordenadora do setor de atendimento do órgão.

A Semas contribuiu fornecendo orientação, tirando dúvidas e explicando quais os serviços são oferecidos pela assistência social em Campina Grande. “Foram tiradas dúvidas a respeito do Programa Bolsa Família, encaminhamentos para psicólogos e escuta qualificada” explicou Vanessa Dantas, coordenadora e assistente social do CRAS.

A Delegacia da Mulher esteve presente com a delegada Maíra Roberta. Foram prestadas orientações a respeito da violência, com a distribuição de panfletos, e caso fosse necessário, encaminhamento para apoio na Delegacia da Mulher. “Esse projeto é interessantíssimo. Quando se trata de violência doméstica, uma das causas que, muitas vezes, impede a mulher de sair daquela situação de violência doméstica, é justamente o fato de não poder se manter sozinha. Aqui nós vemos o encorajamento e a orientação ao empreendedorismo feminino” afirmou a delegada.

O Banco do Nordeste do Brasil, por meio do CrediAmigo, disponibilizou orientações sobre como obter microcrédito para que as mulheres comecem a empreender. Enquanto na tenda do IFPB foram oferecidas informações sobre como desenvolver o empreendedorismo, seus pontos fortes e minimizar os pontos fracos.

A tenda da Embeleze foi uma das mais procuradas pelas mulheres. No local foram oferecidos serviços de corte de cabelo e design de sobrancelhas. “Nós temos uma população que, muitas vezes, precisa desse tipo de carinho e cuidado. Sempre que a Prefeitura organiza esse tipo de ações participamos, pois é de extrema importância”, disse a coordenadora da Embeleze, Edilene Araújo.

A senhora Marlene de Lima, 53 anos, que participou do evento, disse que conseguiu verificar pressão arterial, ganhou uma muda de Ipê para sua casa e, depois, utilizou o serviço de corte de cabelo. “Achei tudo maravilhoso”, declarou.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.