Pais de alunos aprovam implantação de escola cívico-militar em Santa Rita

A Prefeitura Municipal de Santa Rita solicitou ao Ministério da Educação (MEC) a adesão ao programa de implantação de escola cívico-militar a partir de 2020. A escola Odilon Ribeiro Coutinho foi selecionada para ser inserida no novo modelo de ensino. Os pais de alunos aprovaram, em audiência pública, a nova metodologia de atuação, que poderá ser iniciada no próximo ano letivo.

Pelo projeto apresentado pelo Governo Federal, algumas exigências precisam ser atendidas antes mesmo do pedido de adesão ao PECIM (Programa Nacional de Escolas Cívico-Militares). Entre os pré-requisitos solicitados está a necessidade de turmas do 6º ao 9º ano do ensino fundamental II e com uma média de 500 a 1000 alunos matriculados. Neste quesito a escola municipal Odilon Ribeiro Coutinho foi selecionada e passou a realizar as etapas seguintes para conclusão da proposta de adesão.

A Secretaria de Educação realizou reuniões e audiências públicas com a comunidade para avaliação e aceitação do modelo apresentado pelo Governo Federal. Todo o processo foi registrado por meio de documentos oficiais, fotos e vídeos, que foram enviados para o conhecimento do Ministério de Educação.

Durante audiência pública, realizada no último dia 08 de outubro, os pais ou responsáveis pelos alunos da Odilon Ribeiro Coutinho aprovaram, por maioria de votos, a adesão da unidade escolar ao novo modelo.

Pela proposta apresentada pelo MEC, o modelo de escola cívico-militar visa melhorar o processo de ensino e aprendizagem, bem como desenvolver um ambiente mais seguro para toda a comunidade acadêmica.

A implantação deste novo modelo terá a participação do Ministério da Educação e do Ministério da Defesa, que custeará o trabalho de militares da reserva das Forças Armadas junto às escolas.

Durante as audiências públicas foram repassadas informações acerca da metodologia a ser utilizada. Não se trata de militarização de escolas e nada mudará na forma como os gestores estão atuando neste momento.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.