João Azevêdo participa das comemorações dos 30 anos da Funad e anuncia benefícios para pessoas com deficiência; veja

O governador João Azevêdo e a primeira-dama, Ana Maria Lins, participaram, nessa quarta-feira (25), em João Pessoa, da abertura das comemorações alusivas aos 30 anos da Fundação Centro Integrado de Apoio ao Portador de Deficiência (Funad). Na ocasião, foi assinada a instrução 002/2019 que autoriza e determina à Secretaria Executiva do Empreendedorismo a adoção de medidas para assegurar um quantitativo de vagas para pessoas com deficiência que desejarem ser contempladas pelo programa.

A programação contou com a apresentação de cordel, dança esportiva com cadeira de rodas, repentista, violonista e do Programa de Inclusão Social através da Música e das Artes (Prima), além das homenagens às ex-presidentes da instituição. Nesta quinta-feira (26), as comemorações prosseguem durante todo o dia, tendo como destaque a confraternização entre servidores e usuários.

Em seu pronunciamento, o governador destacou o esforço da gestão para aprimorar as políticas públicas de inclusão. “Nós temos um olhar diferenciado e esperamos continuar apoiando e desenvolvendo ações na área. A Funad realiza um serviço de excelência, tem uma grande demanda e, por isso, vamos fazer investimentos futuros; estamos analisando a construção de uma escola e isso está muito perto de se concretizar”, adiantou.

Ele também ressaltou a importância da nova linha de crédito do Empreender para garantir novas oportunidades de crescimento profissional. “Aqui, mais do que nunca, será a realização de um sonho para que as pessoas tenham a obtenção de crédito. A Funad vai identificar e encaminhar os potenciais que estão escondidos pela falta de incentivo. Dentro dessa perspectiva, eu não tenho dúvida nenhuma, de que teremos muitos empreendedores gerando emprego e renda no Estado”, acrescentou.

A presidente da Funad, Simone Jordão, enalteceu a relevância da instituição para a sociedade paraibana.  “Nós oferecemos um leque de ações, tendo como carro-chefe a reabilitação, atendendo pessoas de todas as idades e áreas da deficiência, principalmente, os casos mais complexos. A Funad tem o papel fundamental no sentido de colaborar para a estruturação das políticas públicas do Estado, trabalhando com inclusão social e educação inclusiva, em parceria com diversos órgãos e implantando diversos serviços porque a instituição se reinventa a partir da necessidade das pessoas com deficiência”, ressaltou.

O secretário executivo do Empreendedorismo, Fabrício Feitosa, evidenciou a satisfação do programa de poder contribuir com a ampliação das políticas públicas promovidas pela gestão estadual. “É uma alegria muito grande fazer parte deste momento porque nosso desejo é alcançar um grande número de pessoas que enfrentam barreiras para ter acesso ao crédito e queremos facilitar o acesso delas ao mercado de trabalho. Esperamos, a partir de hoje, auxiliar a Funad na qualificação desse trabalho e faremos o melhor para atender a todos da melhor forma possível”, assegurou.

A primeira-dama Ana Maria Lins elogiou o trabalho realizado pela Funad, que tem sido o diferencial para muitas entidades e famílias. “São ações de extrema relevância na vida de muitas pessoas e, por isso, o Governo tem mantido essa atenção para uma instituição que acolhe com tanto amor quem precisa dessa assistência. Eu aproveito para parabenizar todos os profissionais que se dedicam, todos os dias, para ajudar ao próximo”, frisou.

A solenidade foi prestigiada pelo presidente do Tribunal de Justiça da Paraíba, Márcio Murilo da Cunha Ramos, deputados estaduais, prefeito, vereadores e auxiliares do Governo da Paraíba.

História –  Fundada em 1989, a instituição realiza mais de 10 mil atendimentos mensais, promovendo a inclusão da pessoa com deficiência em todo o Estado, garantindo acesso a informações sobre direitos, implantando políticas públicas, além de oferecer diversos serviços. As políticas públicas adotadas pela Funad contemplam as áreas de saúde, educação e inclusão social, proporcionando melhor qualidade de vida aos usuários, com bem-estar e cidadania. Deficiência intelectual, auditiva, física, visual e múltipla, com transtorno do desenvolvimento, transtorno do espectro autista e pessoas com altas habilidades e superdotação são o foco dos atendimentos da instituição.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.