Preço da gasolina baixou e está em R$ 4,219; álcool registra queda de 18 centavos, segundo Procon-JP

O menor preço do litro da gasolina está em R$ 4,219 (posto Independência – Tambiá), segundo pesquisa comparativa para combustíveis realizada pelo Procon-JP nesta terça-feira (17). O levantamento registrou uma leve queda em relação à pesquisa realizada em agosto, onde o valor estava em R$ 4,279. Já o álcool registrou queda de 18 centavos, saindo de R$ 3,330 para R$ 3,150.

De acordo com a pesquisa atual, nenhum posto aumentou, 96 reduziram e cinco mantiveram o mesmo preço da gasolina da pesquisa anterior. Quanto ao maior preço, R$ 4,399, também houve redução em relação a agosto, sendo praticado nos postos Quadramares (Manaíra), Ale (Bairro das Indústrias) e Big Tambaú (Tambaú).

O secretário Helton Renê esclarece que a tendência de redução já era esperada e que o preço ainda pode cair, mesmo que de forma lenta. “Essas reduções também têm a ver com nosso trabalho. Estamos atuando através da monitoração dos preços e as notificações aos postos estão deixando os empresários atentos para não extrapolarem o limite do razoável. Considerando as reduções na fonte e a saída de estoque antigo, acredito que a tendência seja continuar o processo de baixa nos preço”.

Álcool – O álcool registrou a maior queda no preço em comparação à pesquisa de agosto, caindo de R$ 3,330 para R$ 3,150 (Posto GF – Centro). O maior preço do produto também registrou redução, passando de R$ 3,779 para R$ 3,690 (Quadramares – Manaíra). Seis postos mantiveram e 94 reduziram o preço do etanol.

Diesel S10 – Quanto ao óleo diesel S10, o menor preço registrou alta, saindo de R$ 3,387 em agosto para R$ 3,399 (BSB – Mangabeira, Auto Posto Valentina – Valentina, e Almeida – Brisamar). O maior valor se manteve em R$ 3,899 (Select -Tambaú). Seis postos reduziram e 62 mantiveram o preço do produto em comparação com a pesquisa anterior.

GNV – O menor preço do Gás Natural Veicular (GNV) também registrou queda, passando de R$ 3,660 pra R$ 3,590 (Pichilau  – Gauchinha, e Maxi – BR 101). O maior se manteve em R$ 3,719 (Postos Z– Cidade Universitária). Dos 12 estabelecimentos que comercializam o produto na Capital atualmente, dois postos reduziram e 10 mantiveram o preço.

Para consultar a pesquisa completa acesse o link https://bit.ly/2ktjh1e

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.