Prefeito Romero Rodrigues reafirma o direito gratuidade nos ônibus para as pessoas com deficiência

Na tarde desta quinta-feira, 12, o prefeito de Campina Grande Romero Rodrigues esteve reunido com representantes da Associação dos Deficientes, vereadores, e a equipe técnica da gerencia de transportes da STTP, quando foram dirimidas assuntos a respeito do beneficio da gratuidade no transporte público para PCD.

Durante o encontro, provocado pelos vereadores Sargento Neto  e Janduy Ferreira, o prefeito assegurou que os direitos das pessoas com deficiência no sistema de transporte coletivo da cidade serão respeitados, e em conformidade com o que rege a Lei da gratuidade. “No tocante à prefeitura não existe nenhum impedimento para o cumprimento da Lei e reafirmamos perante a todos os presentes, e à toda sociedade, que está mantida a garantia da gratuidade, e de forma humanizada pela STTP”, disse o prefeito.

Romero, após ouvir as demandas dos deficientes, destacou que estará intermediando junto ao Sitrans quanto a um apelo do presidente da Associação dos Deficientes, para que a própria STTP seja a responsável pela emissão da carteira de gratuidade, justificando-se num reconhecimento à capacidade técnica e de trabalho do órgão, que tem avançado na logística estrutural, de apoio e de acolhimento aos  deficientes , durante o atendimento diário.

O superintendente da STTP, Félix Neto, que está em Brasília, participando de encontro do Focotran – Fórum de Conselheiros de Transito, estava representado na reunião pelo gerente de transportes – Henrique Castro. Felix disse que a STTP não tem medido esforços para garantir os direitos à gratuidade no transporte coletivo, não só para os deficientes, como também para os idosos, e que o diálogo sempre foi mantido entre as partes, no que democraticamente tem se prevalecendo nas várias conquistas dos benefícios.

Para o presidente da Associação dos deficientes de Campina Grande, Josias Paulino, um dos assuntos da pauta de reivindicação da categoria é o atraso na entrega das carteiras, que hoje é emitida pelo Sitrans. “Sensibilizamos ao prefeito e aos vereadores que esse serviço de confecção das carteiras deve ser feita pela STTP, assim como tem sido responsável pelas carteiras do idosos, num trabalho exemplar e eficiente, e o prefeito ficou de dar solução imediata, além de também nos garantir que irá rever os vários casos onde deficientes tiveram seus direitos negados durante a perícia”, disse Josias.

Já o vereador Sargento Neto, que provocou a reunião entre todos os representantes, o prefeito e a STTP, disse estar satisfeito com o resultado do encontro, onde alguns assuntos da pauta foram solucionados de imediato, graças a sensibilidade do prefeito sempre zeloso com as questões sociais. “As várias demandas apresentadas pelos deficientes à prefeitura foram bem recebidas e acatadas pela STTP para uma solução plausível. Nisso, vale destacarmos a interação das ideias numa relação de civilidade entre os envolvidos quanto aos caminhos para o bom entendimento, e solução das imediata das questões apresentadas durante o encontro”, disse o vereador.

Ainda participaram do encontro com o prefeito, e os representantes da Associação dos Deficientes: o Gerente de Transportes da STTP – Henrique Castro, acompanhado de Carlos Arthur e Kelven Rawly, da assessoria jurídica, e os vereadores Olímpio Oliveira, Galego do Leite e Anderson Maia.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.