Show de Tribo de Jah e batalha de Rap encerram atividades do Mês da Juventude na Paraíba

O Governo do Estado encerra, na próxima sexta-feira (30), as atividades do Mês da Juventude na Paraíba. O evento de encerramento acontece no Espaço Cultural José Lins do Rego, em João Pessoa, a partir das 18h, começando com o Campeonato Estadual de Rap organizado pelo coletivo Batalha do Coqueiral e tem como atração principal a banda Tribo de Jah. O acesso é gratuito.

O evento é realizado pela Secretaria de Estado da Juventude, Esporte e Lazer (Sejel), em parceria com a Fundação Espaço Cultural da Paraíba (Funesc).

O Mês da Juventude foi aberto no dia 12 de agosto, durante solenidade no Ginásio principal da Vila Olímpica Parahyba. Na ocasião, o governador João Azevêdo anunciou mais de 320 atividades em 130 municípios. Também foram anunciadas linhas de crédito para juventude, além de assinadas ordem de licitação para obras de manutenção nas instalações da Vila Olímpica.

O objetivo do Mês da Juventude é debater as políticas, com foco no empoderamento, protagonismo, cultura e direitos dos jovens. Vale ressaltar que esta ação é uma articulação com 15 entidades, entre secretarias de estado, fundações, associações e prefeituras.

Tribo de Jah – Uma das percussoras do reggae no Brasil, a banda Tribo de Jah, tem mais de 30 anos de estrada. Traz na bagagem toda a experiência adquirida nos principais palcos do Brasil e do mundo ao longo da carreira. A formação atual conta com Fauzi Beydoun (vocalista e compositor), Aquiles Rabelo (baixista e backing vocals), João Rodrigues (baterista) Netto Enes (guitarra e backing vocals), Pedro Beydoun (guitarra e vocal), Rafael Labate (teclados).

Formada em 1986 em São Luís, no Maranhão, por Fauzi Beydoun, que mantinha um programa de reggae de grande sucesso em uma rádio da capital, e na época, era um executivo de uma multinacional, recém-chegado da Costa do Marfim na África.

A banda tem como característica peculiar, a presença de três músicos deficientes visuais que se conheceram ainda meninos, na Escola de Cegos do Maranhão e despertaram para a música utilizando-se de instrumentos velhos da escola (um piano do qual faltavam algumas teclas, um violão também sem uma ou outra corda e o baterista utilizava-se da escrivaninha da escola para marcar o ritmo).

A banda foi pioneira também na introdução da temática reggae no Brasil: termos como Jah (Deus), babilônia, Roots (o título de seu primeiro CD), entre outros, nunca tinham sido difundidos nacionalmente até então, e passaram a ser assimilados em larga escala pelos fãs e por outras bandas. O êxito no exterior se deve ao fato da Tribo cantar em outros 3 idiomas além do português, sendo eles, o francês, o espanhol e o inglês.

O último DVD, intitulado “Live in Amazon” foi lançado em 2008 e gravado em Belém, Pará. Tem em sua canção principal um apelo global para questão ecológica: “Cease the Fire in the Forest or We All Shall Burn – Cessem o fogo na floresta ou vamos todos nos queimar” -, que trouxe a participação do cantor jamaicano Clinton Fearon, ex-Gladiators. O último álbum, lançado em outubro de 2016, intitulado “Confissões de Um Velho Regueiro”, foi produzido através de uma campanha de financiamento coletivo com apoio dos fãs e realmente conta com ‘confissões’ desses anos de estrada, trazendo na bagagem toda a experiência adquirida nos principais palcos do Brasil e do mundo ao longo da carreira.

Em se tratando de reggae nacional, independente de gosto musical, não se pode deixar de reconhecer o papel pioneiro da banda Tribo de Jah no Brasil, atuando como uma grande difusora do ritmo e pavimentando o caminho para o que vem a ser agora um mercado ou uma cultura reggae em escala nacional, algo que o grupo não encontrou no início de sua jornada.

Serviço
Encerramento do Mês da Juventude 2019
Campeonato Estadual de Rap e show de Tribo de Jah
Data: 30/08, às 18h
Local: Espaço Cultural José Lins do Rego
Entrada: Gratuita
Realização: Secretaria de Estado da Juventude, Esporte e Lazer (Sejel)/ Fundação Espaço Cultural da Paraíba /Parceria: Batalha do Coqueiral

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.