Assembleia concede Medalha do Mérito Ronaldo Cunha Lima ao maestro João Gurgel

A Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) concedeu, nesta quinta-feira (8), a Medalha do Mérito Ronaldo Cunha Lima ao professor e maestro João Alberto Gurgel. A homenagem, proposta pelo deputado licenciado João Gonçalves (PSB), teve o objetivo de reconhecer o trabalho desenvolvido pelo músico no estado.

Para o deputado Bosco Carneiro (PPS), que presidiu a sessão, a ocasião representou o reconhecimento da população paraibana à trajetória profissional do maestro. “É uma tradição da sua família. Seu pai também foi músico e o maestro João Gurgel, dando sequência ao legado do seu pai, tem colaborado muito para o desenvolvimento dessa missão aqui na Paraíba, inclusive descobrindo muitos talentos. Então, por esse trabalho e salário moral que ele tem a Assembleia presta hoje essa justa homenagem”, afirmou.

João Gonçalves, que atualmente ocupa o cargo de secretário de Articulação Política do Estado, destacou as qualidades do músico, que contribuíram para que ele pudesse reger diversos corais em João Pessoa. “Como maestro, João Alberto Gurgel é um expoente, um amante das vozes, um homem do coro e que ensina as pessoas ter a paz espiritual através da voz. É um ícone, um homem extremamente preparado, um autoprofissional paraibano. Por todas essas qualidades esta Casa concede a medalha do poeta Ronaldo Cunha Lima e presta uma justíssima homenagem a esse nobre mestre, professor e amigo”, declarou.

O homenageado agradeceu a comenda concedida pelos deputados e ressaltou a importância da sessão para a valorização dos regentes de corais no estado. “Eu estou recebendo essa medalha com muita honra e muito orgulho da minha profissão e da minha família, que foi com ela que aprendi inicialmente a profissão, pois meu pai também era maestro. Por essa atividade que, às vezes, é tão desvalorizada, eu quero ser o arauto da superação e da inovação do canto e coral na Paraíba”, concluiu.

Também participaram da sessão solene o presidente do Tribunal de Contas da Paraíba (TCE-PB), Arnóbio Viana; o representante da Academia Paraibana de Letras Jurídicas (APLJ), defensor público especial Alberto Sales; o jornalista Abelardo Jurema, além de amigos, alunos e familiares do homenageado.

Perfil

Natural de João Pessoa (PB), o maestro João Alberto Gurgel nasceu em junho de 1969. Filho do maestro Maurício Gurgel e da pianista e cantora lírica Sirena Gurgel, João começou a estudar música aos sete anos no Conservatório Musical Anthenor Navarro, onde seu pai era diretor. Como músico amador, participou de diversos festivais de música popular brasileira na condição de instrumentista, arranjador e intérprete. No canto-coral, integrou coros infantis dentro de projetos de musicalização, participou de coros colegiais e religiosos, e do Coro Madrigal Vozes do Sanhauá, sob a regência do maestro Maurício Gurgel.

Graduado em Música pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB), João Gurgel dirige e produz arranjos para corais desde o ano de 1992. Como regente, já esteve à frente do Coro da Orquestra Sinfônica da Paraíba (Oficial e Infantil), do Coral Universitário do Centro Universitário de João Pessoa (Unipê), e do TCE-PB, dentre outros.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.