Xeque-Mate: Leto reconhece erros e diz estar arrependido; “sou uma nova criatura”

A audiência de instrução e julgamento da Operação Xeque-Mate, começou na manhã desta terça-feira (09), e o ex-prefeito de Cabedelo, Leto Viana, reconheceu que cometeu erros e que o período na prisão o fez ser uma nova pessoa.

Leto declarou que que está disposto a responder a todos os questionamentos feitos pelo Juiz Henrique Jácome e não apenas para se defender, mas sim para que sua contribuição sirva para que ele possa voltar para a sociedade e para a sua família. “Sei que cometi erros, mas tudo o que vivi aprendi a ser uma nova criatura”, disse.

Assim como na primeira audiência, o ex-gestor chegou ao local utilizando colete a prova de balas. Na sua fala, Leto ponderou as palavras e utilizou referências bíblicas.

“Não estou aqui para me defender, mas para ser um parceiro do MP e da Justiça e voltar para família e sociedade. Sei que cometi erros, mas tudo que vivi aprendi a ser uma nova criatura”, declarou.

Ainda hoje devem ser ouvidos Jaqueline Monteiro França, Adeildo Bezerra Duarte, Lúcio José do Nascimento Araújo, Leila Maria Viana do Amaral, Tércio de Figueiredo Dornelas e Antônio Bezerra do Vale Filho.

Mais cedo, o advogado de Leto, Jocelino Delgado afirmou que o depoimento de Leto visa ratificar o que ele já disse ao Ministério Público e à Polícia Federal, mas também trazer fatos novos ao processo, além de rebater as afirmações do delator, ex-presidente da Câmara Lucas Santino que na semana passada afirmou ter recebido dinheiro do ex-prefeito para seu financiamento de campanha e em troca assinou uma carta-renúncia que poderia ser usada por Leto como barganha política. Portal Paraíba

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.