Polícia reforça efetivo em delegacias durante festividades juninas

A Polícia Civil da Paraíba elaborou esquema para aumentar a segurança da população durante os festejos juninos e vai reforçar o efetivo das delegacias, centrais de flagrantes e Instituto de Polícia Cientifica (IPC) nesse período. Todo o efetivo da corporação será empregado nos trabalhos. Serão mobilizados 2.854 servidores e 180 viaturas.  A informação foi repassada, nessa segunda-feira (17), pela Delegacia Geral da corporação.

A maior parte do reforço será composta por agentes de investigação, que somam 1.511 servidores. Eles serão seguidos por 426 escrivães, 415 delegados, 254 agentes operacionais e 248 funcionários do IPC.  O contingente será distribuído por todas as regiões do estado.

Só em João Pessoa, a corporação vai mobilizar 540 policiais civis. Serão 108 delegados, 90 escrivães e 342 agentes de investigação e operacionais que irão reforçar os trabalhos em delegacias e central de flagrantes da cidade. O efetivo começa a ser empregado a partir desta sexta-feira (21) e os trabalhos seguirão até o dia 29 deste mês.

Além da Capital paraibana, haverá aumento de efetivo em outras regiões também neste período do ano. Campina Grande, considerada a segunda maior cidade da Paraíba, deverá atrair grande quantidade de visitantes em virtude de seus eventos juninos. Para garantir a segurança da população do município, a Policia Civil já começou a empregar efetivo de 828 servidores. São 95 delegados, 117 escrivães, 511 agentes de investigação e outros 104 agentes operacionais que já começaram a trabalhar desde o último dia 7.

Os policiais estão atuando nas sete delegacias distritais da cidade, além da Central de Polícia e Delegacia no Parque do Povo.  Ao todo, 27 viaturas vêm sendo usadas nas atividades.  O reforço será empregado até o dia 7 de julho deste ano, quando as principais festividades juninas da cidade terão fim.

No restante do Estado – A Polícia Civil também vai aumentar a quantidade de servidores nas 20 delegacias seccionais instaladas em outras cidades estratégicas do Estado. Os municípios que receberão  policiamento  intensificado serão  Cabedelo (com 20 policiais a mais), Santa Rita (com 48 policiais a mais), Caaporã, Conde e Pitimbu (com 57 policiais a mais ), Mamanguape (com 44 policiais a mais), Guarabira e Belém (com 44 policiais a mais), Itabaiana e Ingá (com 28 policiais),  Queimadas (com mais 30 policiais),  Esperança  (com 28 policiais), Picuí (com mais 71 policiais), Monteiro (com mais 244 policiais), Solânea (com mais 31 policiais), Patos (com mais 72 policiais), Princesa Isabel (66 policiais a mais), Itaporanga (52 policiais), Catolé do Rocha (com mais 30 policiais), Sousa (com mais 35 policiais) e, por último, Cajazeiras (258 policiais a mais).

Ainda haverá reforço nas Delegacias da Mulher da Paraíba, que terão apoio de 80 policiais e no Instituto de Polícia Científica da Paraíba, que vai ampliar as equipes de plantão nas cidades de João Pessoa, Campina Grande, Patos, Guarabira e Cajazeiras.

O delegado geral da Polícia Civil da Paraíba, Isaías Gualberto, explicou que o esquema de segurança foi planejado para garantir a qualidade do atendimento prestado à população durante as festividades juninas.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.