No final, Botafogo-PB vira sobre o ABC e vence a primeira na Série C

No apagar das luzes, o Botafogo-PB venceu de virada o ABC por 2 a 1 no estádio Frasqueirão neste domingo, em jogo válido pela quarta rodada da Série C. Essa foi a primeira vitória do Belo na Série C deste ano. As duas equipes fizeram um primeiro tempo sem grande chances, mas deixaram a emoção toda para a segunda etapa, principalmente para os últimos 20 minutos de jogo. O ABC pressionou muito no segundo tempo e exigiu ótimas defesas do goleiro Saulo até abrir o placar com Hélio Paraíba. Mais recuado, o Alvinegro de Natal viu o rival crescer, empatar o jogo com Dico e virar com Kelvin, aos 48 do segundo tempo. Enquanto o ABC vai em busca da recuperação, o Belo vira a chave para pegar o Fortaleza na final do estadual.

Com o resultado, o Belo chegou aos 6 pontos e assumiu a quarta colocação, passando inclusive o ABC na tabela. O Botafogo-PB segue invicto na Série C, com três empates e uma vitória. O ABC, por sua vez, conheceu a sua segunda derrota consecutiva na competição e estacionou nos quatro pontos. O time caiu para a sexta posição.

O primeiro tempo foi de poucas chances para os dois lados. Hélio Paraíba, numa cabeçada, e Clayton tiveram boas chances num duelo equilibrado. A melhor oportunidade, no entanto, caiu nos pés de Felipe Alves no último minuto de jogo, mas o atacante chutou por cima do gol, após recuo errado de Ivan.

O ABC voltou melhor na segunda etapa e já levou perigo antes do primeiro minuto de jogo. Depois, Saulo fez duas defesas impressionantes para segurar o empate para o Botafogo-PB, em lances de Anderson e de Anderson Rosa, que levaram muito perigo. Homem com mais intensidade no jogo abecedista, Anderson Rosa ainda tentou um chute de pé direito que passou muito perto do gol e assustou. O goleiro do Belo ainda fez mais uma intervenção em lance de Jefinho, mas foi vencido aos 29 em cabeçada de Hélio Paraíba. Com o gol, o ABC recuou e passou a receber pressão do rival paraibano, que funcionou. Aos 41, Dico aproveitou cobrança de lateral na área e falha coletiva da defesa do ABC para empatar o jogo. Quando o jogo já pareia se encaminha para o resultado final, Erivélton, formado no ABC, arrancou pelo lado direito e achou Kelvin na área para finalizar e virar o jogo. Globoesporte

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.