Obras de construção da Escola Técnica Estadual de Sousa em fase de conclusão

A Superintendência de Obras do Plano de Desenvolvimento do Estado (Suplan) está finalizando as obras de construção da Escola Técnica Estadual de Sousa e a pavimentação do acesso à unidade. São mais de 5 mil m² de área construída que vai atender 480 alunos em período integral. R$16,7 milhões estão sendo investidos na unidade de ensino e até o final de julho as intervenções estarão totalmente finalizadas. Essa é a décima primeira unidade escolar construída pelo Governo do Estado com o mesmo padrão, idêntica a décima segunda escola técnica, que está sendo construída no município de Guarabira.

A diretora-superintendente da Suplan, engenheira Simone Guimarães, explicou que o padrão de qualidade está arraigado nas cores e no projeto sustentável. “A escola segue um padrão das demais unidades construídas na Paraíba, todas projetadas para utilizar parte da iluminação natural e também possibilitar o aproveitamento da água da chuva, como, por exemplo, nas descargas de vasos, irrigação de jardins, e na lavagem de pisos”, disse.

A Escola tem dois pavimentos e, no superior, são 12 Salas de Aula, uma ampla biblioteca e banheiros acessíveis. No pavimento térreo fica a maior parte da divisão, sendo dois laboratórios especiais, banheiros acessíveis, grêmio, cozinha, despensa, despensa fria, cantina, vestiários, refeitório, área de vivência com palco descoberto. “Estamos pintando e colocando as portas das salas de aula e laboratórios. Uma grande equipe de operários está trabalhando os detalhes finais e a parte da pavimentação do acesso é a última etapa”, informou a engenheira.

Ainda no pavimento térreo estão: a quadra poliesportiva coberta com vestiários masculino e feminino, depósito de materiais esportivos laboratório de informática, laboratório de línguas, laboratório de matemática, laboratório de física, laboratório de biologia, laboratório de química, depósito de material de multimídia, almoxarifado de laboratórios, depósito de material pedagógico, almoxarifado de informática, sala de multimídia para professores, sala de professores, diretoria, coordenação pedagógica, coordenação estágio, recepção, almoxarifado, reprografia, secretaria, biblioteca, auditório com capacidade para 201 lugares, sala técnica.

Simone Guimarães comentou que a obra sofreu um atraso por conta das intempéries do tempo, mas enfatizou que a Suplan não descansou na execução da construção. “O período de chuvas intensas na região de Sousa atrapalhou o ritmo do nosso cronograma, mas pudemos observar atentamente até que ponto os problemas prejudicariam a área externa da escola. Só começamos a pavimentação do acesso após a trégua das chuvas, quando voltamos a executar serviços de movimento de terra. A pavimentação é de extrema importância para que os alunos cheguem com mais segurança, caminhando, de carro ou através de ônibus escolar”, explicou.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.