Treze vence o Caxias fora de Casa e conquista vaga para a Série C do Brasileirão

Em uma tarde inspirada do goleiro Mauro Iguatu e de completa eficiência tática do restante do time, o Treze bateu o Caxias-RS por 3 a 1, de virada, em pleno Estádio Centenário, neste domingo (8), e conquistou o sonhado acesso à Série C do Campeonato Brasileiro de 2019.

Com a vantagem de ter vencido o jogo da ida (1 a 0), o time do técnico Flávio Araújo soube administrar bem a situação até quando esteve atrás no placar na partida de volta das quartas de final da Série D 2018.

Júnior Alves, de cabeça, após cobrança de escanteio, abriu o marcador para o ex-time do técnico Tite, aos 16 minutos do primeiro tempo. Na frente, o Caxias continuou com muito volume de jogo, criando pelo menos quatro situações claras para ampliar o placar. Atento e sempre bem colocado, Mauro Iguatu impediu três dessas oportunidades.

A situação melhorou para o Treze aos 33. Em escanteio direita, Marcelinho Paraíba colocou a bola na cabeça de Brumati, que só teve o trabalho de encostar para as redes, empatando a peleja.

No intervalo, Flávio Araújo sacou Elielton e colocou Dedé em campo. Com o time alvinegro mais ajustado, o panorama melhorou ainda mais logo aos dois minutos.

Após boa jogada de Ceará, pela esquerda, a bola chegou na meia lua. Livre, Carlos Coppetti encheu o pé e bateu firme, de direita, colocando o Galo na frente e na Série C de 2019.

Sabendo suportar a pressão grená, o Alvinegro matou os gaúchos aos 39 minutos do segundo tempo. Dedé, que nem jogaria a partida por conta de problemas particulares, pegou rebote de um escanteio para o Caxias, arrancou do campo de defesa, invadiu a área caxiense, driblou Glédson e deu números finais à partida: 3 a 1.

Depois do terceiro gol trezeano, uma grande confusão se instalou no gramado. Cerca de 15 minutos depois, o árbitro mineiro Ricardo Marques Ribeiro preferiu não continuar a partida e apitou o final do jogo, decretando o acesso do Galo da Borborema, que agora segue na disputa, na fase semifinal. Com informações do Paraibaonline.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.