Prefeitura realiza obras de recapeamento no Centro da Capital

Dando continuidade ao projeto de intervenções no Centro da Capital, a Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), por meio da Secretaria de Infraestrutura (Seinfra), iniciou nesta semana obras de recapeamento das avenidas Miguel Couto e Cardoso Vieira, no trecho a partir do anel do Parque da Lagoa até a Rua Maciel Pinheiro, totalizando 1,04 km.

Além da revitalização de prédios históricos, unindo moradia, comércio e serviço, com a entrega de um dos mais audaciosos projetos, o Villa Sanhauá, inaugurado na última terça-feira (26) pelo prefeito Luciano Cartaxo, a PMJP investe também em infraestrutura, melhorando a mobilidade na região.

As obras de recapeamento, onde estão sendo investidos mais de R$ 200 mil, fazem parte das ações do Programa “Ação Asfalto”, que tem levado benefícios a condutores e pedestres de todos os bairros da Capital paraibana. O Centro de João Pessoa é uma das regiões beneficiadas, onde os investimentos, só com as obras de recapeamento, somam aproximadamente R$ 7 milhões.

Mais de dez ruas e avenidas do Centro já foram beneficiadas com o programa “Ação Asfalto”, a exemplo da Rua da República, B. Rohan, Avenida Padre Meira, anel externo do Parque da Lagoa, Avenida Corálio Soares de Oliveira, Avenida Maximiano Figueiredo, Avenida Princesa Isabel, Avenida Presidente Getúlio Vargas, Avenida Almirante Barroso, Avenida Duarte da Silveira e vias do entorno da Praça Venâncio Neiva, onde as obras, executadas pela Secretaria de Infraestrutura (Seinfra) já foram concluídas.

As obras de recapeamento garantem mais mobilidade e fluidez do tráfego de veículos, interligando bairros e reduzindo o tempo do percurso, beneficiando tanto condutores, quanto pedestres.

“A gestão tem trabalhado intensamente, investindo em todas as regiões da cidade, a exemplo do Centro Histórico, uma área esquecida por décadas por outras gestões. Essas intervenções atraem investimentos para esses locais, gerando emprego e garantindo mais qualidade de vida para a população”, destacou o secretário de Infraestrutura, Cássio Andrade.

você pode gostar também Mais do autor