Em Patos, pré-candidato ao Governo Lucélio discute sobre educação com prefeito Dinaldinho

O pré-candidato a governador da Paraíba pelo Partido Verde, Lucélio Cartaxo, discutiu, nesta sexta-feira (11), em Patos, alternativas para melhorar a educação em todo o Estado, seguindo como exemplo os casos exitosos de João Pessoa, Campina Grande e da cidade sertaneja. Ao lado do prefeito do município, Dinaldinho, do ex-prefeito Dinaldo e do pré-candidato a deputado estadual Gustavo Wanderley, além de lideranças locais, o Lucélio conheceu as obras de uma creche na cidade, e declarou que essas experiências administrativas de resultado mostram que “é possível dar um passo à frente e fazer a Paraíba melhorar a qualidade da educação”.

“Estamos dando continuidade à rodada de visitas a todas as regiões do Estado, ouvindo a população e buscando alternativas para que todos tenham direito a uma vida melhor. E a educação precisa ser encarada por qualquer gestor como principal instrumento de transformação social. Sem os investimentos necessários, nosso Estado perde a capacidade de crescer, porque não desenvolve pesquisa, tecnologia, nem conhecimento”, afirmou o pré-candidato.

Para Cartaxo, o Estado tem um papel importante a cumprir na parceria com os municípios para que essa mudança comece desde a base, garantindo que as crianças da Paraíba tenham acesso a uma educação de qualidade desde a primeira infância. “Aqui em Patos estamos vendo uma creche de alto padrão, semelhante ao que vemos em João Pessoa e como temos visto em outras cidades. Esse
passo é decisivo para a construção do futuro de uma nova geração”, declarou.

Durante a visita a Patos, Lucélio Cartaxo esteve ainda nas obras de construção do CAPS AD (Álcool e Drogas). Ele também manteve contatos com profissionais da área de saúde, defendendo a proposta de uma saúde regionalizada, como novos polos de atendimento que aproximem a população dos serviços oferecidos pelo estado.

No início da tarde, Cartaxo concedeu entrevistas a emissoras de rádio da região. No decorrer do dia, visitou a zona rural, dialogando com associações de produtores.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.