Gás de cozinha deve custar até R$ 75 em estabelecimentos de João Pessoa

Um botijão de gás de cozinha de 13kg à vista tem preços que vão de R$ 58 até R$ 70. É o que afirma uma pesquisa realizada nesta segunda-feira (9) pela Autarquia de Proteção e Defesa do Consumidor do Estado da Paraíba (Procon-PB). Os consumidores também dispõem da opção de pagar o produto no cartão de crédito, podendo negociar a compra em duas ou três parcelas, mas há um acréscimo de valor, chegando a R$ 75, uma variação de 25% nos preços a prazo.

De acordo com o levantamento, o preço à vista pode variar de R$ 58 no SOS-Gás, da Torre, até R$ 70 no Ferreira Gás, no bairro do Cristo Redentor. Já para quem quer mais comodidade e receber o gás de cozinha em casa, a variação nos preços à vista é de 16,7%, podendo ser encontrado a partir  de R$ 60 no Francisco Gás (Grotão) até R$ 70 no Brasil Gás (Centro).

A pesquisa verificou também os preços do botijão de gás novo, isto é, aquele em que adquire sem a troca do botijão vazio, e tem preços de R$ 180 no Gomes Comércio e Gás, em Jardim São Paulo, e no Alex Gás, em Cruz das Armas, até R$ 250 no Brasil Gás (Centro).

Água mineral – O levantamento constatou os preços da água mineral, galão de 20 l. A Indaiá tem variação de 33,33% com preços de R$ 7,50 no Flash Gás (Expedicionários) até R$ 10 no Emerson Gás e Neto Gás (Bancários), Ferreira Gás (Cristo), Gomes Comércio e Gás (Castelo Branco) e André Gás e Água (Torre). Já a Itacoatiara de 20 l apresenta variação de 28,57% e preços de R$ 7 no Ricardo Gás, em Jaguaribe, e Ari Gás, no Valentina, até R$ 9 em Nilda Gás, no Castelo Branco.

Foram pesquisados os valores do gás de cozinha e da água mineral em 22 estabelecimentos da capital paraibana.

tabela

você pode gostar também Mais do autor