Gervásio vistoria obras de reforma da Assembleia Legislativa e Centro Médico

O presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), deputado Gervásio Maia, visitou, as obras que estão sendo realizadas no prédio-sede, garagem e centro médico do Legislativo paraibano. A ocasião contou com a presença do engenheiro responsável, Vinícius Fernandes Filgueira e representantes da construtora responsável pela obra.

O presidente afirmou que algumas alterações foram definidas para dar maior conforto e visibilidade durante o funcionamento da Assembleia. “Estamos todos muito empenhados para a conclusão dessas obras que vão transformar toda a dinâmica dos trabalhos parlamentares. Portanto, viemos acompanhar o andamento e solicitar alguns ajustes na parte elétrica, de acessibilidade e manutenção para proporcionar um ambiente agradável a toda população e que dê celeridade nos trâmites internos”, destacou.

Já o engenheiro Vinícius Fernandes explicou o andamento da obra. “Nós já terminamos toda a fase de desmonte e demolição. A parte elétrica já está com cerca de 70% executada, assim como as instalações hidráulicas”, adiantou.

Centro Médico

Com investimentos na ordem de R$ 1,3 milhão, o novo Centro Médico da Assembleia Legislativa da Paraíba vai reunir especialidades médicas, psicossocial e atendimento ao idoso em um mesmo endereço. A nova sede vai funcionar ao lado da ALPB.

De acordo com Gervásio, cada detalhe do projeto foi pensado para otimizar o atendimento dos servidores. “Vamos ter todas as especialidades no mesmo endereço. O setor de psicologia foi bem montado, desde a estrutura física até o o atendimento. O setor odontológico terá três novos consultórios.”, ressaltou Gervásio.

A diretora do Centro Médico, Deyse Queiroga, destacou que será a primeira vez que as diversas assistências do Centro Médico funcionarão em um mesmo prédio e afirmou que as novas instalações irão proporcionar um melhor atendimento também aos idosos. “Pela primeira vez nós estamos unindo a assistência à saúde dos funcionários da Assembleia Legislativa em um departamento que vai ficar todo unido neste prédio. Além disso, nós ainda vamos trazer o idoso, a parte dos aposentados, aqui para dentro do centro, para poder dar mais assistência a eles e melhor a qualidade de vida deles”, explicou a médica

você pode gostar também Mais do autor