Em Campina, Romero paga a técnicos de enfermagem valor menor que o mínimo

Cerca de 70 técnicos em enfermagem que trabalham no Isea – Instituto Maternidade Elpidio de Almeida, da Prefeitura de Campina Grande, denunciaram que estão recebendo menos do que o salário mínimo, embora sejam obrigados a dar 12 plantões por mês.

Eles, os técnicos de enfermagem do Isea, recebem exatos 920 reais por mês e embora tenham encaminhado pleitos e reclamações ao prefeito Romero Rodrigues, ele não está nem aí para o problema.

A revolta é geral no Isea, mas os servidores têm medo de denunciar, porque a perseguição é grande.

HOSPITAL PROBLEMA

Este é apenas mais um capítulo da triste existência da maternidade mantida pela Prefeitura de Campina.No ano passado, o Ministério Público, acionado por denúncias, constatou a falta de médicos nos plantões, superlotação e problemas nas condições de atendimento.

Entre os problemas encontrados pelo Ministério Público, o que mais chamou a atenção foi o das mulheres gestantes tendo meninos em cadeiras em vez de leitos apropriados. Fonte Blog do Tião

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.