Alunos do Prima são selecionados para participar de um dos maiores Festivais de Música da América Latina

Dois alunos e um ex-aluno do Programa de Inclusão Através da Música e das Artes (Prima), do Governo do Estado da Paraíba, estão em Jaguará do Sul, onde participam do Femusc (Festival de Música de Santa Catarina).

          Joyce e João, ambos de 16 anos, são alunos dos polos de Patos e Itaporanga, respectivamente, e foram selecionados entre milhares de músicos para participar do Festival que envolve talentos de 21 países. “A experiência aqui tem sido maravilhosa, com toda diversidade presente neste festival. É muito bom conhecer culturas, poder tocar para um grande professor e prestigiar toda essa riqueza musical”, afirmou o João Carlos Gomes, que toca oboé.

          O depoimento emocionado de Joyce Paulino, violinista, mostra que tocar ao lado de professores renomados é a maior recompensa desta experiência: “Aqui estou tendo a oportunidade de aprender com os maiores professores do mundo, de tocar com grandes instrumentistas e de assistir a grandes concertistas tocarem e passarem suas experiências para o público. A rotina é incrível e surreal. É pura música!”, comemora.

          O Femusc, que está em sua 13ª edição, apresentará este ano cerca de 200 concertos que terão a participação dos 380 alunos selecionados. Sobre isto, a maestrina do Prima, Priscila Santana, ressalta: “Participar do Femusc é um sonho para muitos músicos, pois são feitas audições rigorosas com pessoas do mundo inteiro através de vídeos. Só após este processo seletivo é que sabemos quem são os selecionados”.

Nesta seleta lista – além de Joyce e João – está Jackson Damião, ex-aluno do Prima do polo de Catolé do Rocha. Hoje, com 20 anos, o flautista cursa bacharelado em música pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB). Ele lembra que passar pelo Prima foi um passo importante na sua vida pessoal e profissional: “O prima mudou minha vida em vários sentidos, desde o social até o desenvolver das minhas habilidades como artista e ser humano, mas o principal é o emponderamento, é ser um cidadão ativo e conhecedor pleno de seus direitos e deveres”.

          O Programa de Inclusão Através da Música e das Artes foi lançado em 2012 pelo Governo do Estado da Paraíba. Atualmente ele é gerido pelas Secretarias de Estado da Cultura (Secult) e Educação (SEE) da Paraíba, e já soma mais de 16 polos de atuação distribuídos do litoral ao sertão do Estado. Em breve, o Programa será ampliado e ganhará mais três polos em pleno funcionamento (Bananeiras, Picuí e Pedras de Fogo), beneficiando assim mais de 1.500 alunos da rede pública de ensino, na faixa etária de 08 a 18 anos, e que residam em área de vulnerabilidade social.

 

Sobre o Femusc

 

O Festival de Música de Santa Catarina é o maior festival-escola não competitivo do Brasil. O evento, que reúnereúne músicos profissionais e estudantes de 21 países, começou no dia 14 de janeiro e segue até o próximo sábado, 27.

Em 2018 o Femusc comemora sua 13ª edição com apresentação de 200 concertos, todos abertos gratuitamente ao público.

A programação completa e demais informações estão disponíveis em: http://femusc.com.br/

 

você pode gostar também Mais do autor