Em CG, sindicato pode pedir bloqueio de verbas federais se Romero não pagar 13°

O Sindicato dos Trabalhadores Públicos Municipais do Agreste e da Borborema (Sintab) deverá pedir o bloqueio das verbas federais destinadas à Prefeitura de Campina Grande, caso o atraso no pagamento do 13° e nos salários dos servidores aposentados e de centenas de efetivos persista.

Para o diretor de comunicação do Sintab, Napoleão Maracajá, o prefeito Romero Rodrigues não respeita os trabalhadores do município. “É preciso priorizar quem trabalhou a vida toda, aposentados estão sendo humilhados. Além disso, são muitos servidores efetivos que também não receberam 13º nem dezembro e estão desesperados sem saber como arcar com as despesas, como pagar as contas básicas. Lembramos que foi deliberado em assembleia que se até o quinto dia útil os servidores não receberem, devem cruzar os braços”, disse.

Segundo Napoleão, se o desrespeito persistir, além das medidas judiciais já encaminhadas e das que deverão ser efetivadas, os trabalhadores deverão ocupar a Prefeitura em manifestação pacífica porém de ordem, para protestar contra os abusos da gestão. “O mínimo que o governo tem que fazer é respeitar a decisão. Se houver desrespeito vamos ocupar as secretarias ou a prefeitura. A situação está ficando insustentável”, reforçou.

você pode gostar também Mais do autor