Em Bayeux, Comissão resolve salvar Berg Lima de cassação; relatório final sai na sexta

A Comissão Processante da Câmara Municipal de Bayeux que investiga possível ato de improbidade administrativa acometida pelo prefeito Berg Lima, voltou a se reunir nesta quarta-feira (27) e opinou por maioria de votos, pela absolvição do prefeito afastado.

Berg Lima teve dois votos a favor da sua absolvição. Foram os votos da vereadora França (Podemos), relatora do processo que também foi acompanhado pelo presidente da Comissão, Jeferson Kita (PSB). A vereadora Dedeta (PSD) foi contrária a Berg e votou pela cassação do prefeito afastado.

Na sexta-feira (29), os vereadores voltam a se reunir para decidir sobre o parecer final, aprovando ou rejeitando-o. Caso seja rejeitado, serão necessários 12 dos 17 votos, o que culminaria na cassação de Berg Lima.

 

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.