Sob o comando de Lira e apoiado por Maranhão, PMDB fecha questão para votar Reforma da Previdência

O PMDB ‘bateu o martelo’ e fechou questão na noite desta quarta-feira (6), em apoio a votar a favor da Reforma da Previdência. A reunião peemedebista foi liderada pelo senador paraibano Raimundo Lira (líder do partido do Senado) e contou com a presença e apoio do também senador paraibano, José Maranhão.

Raimundo Lira e José Maranhão apóiam a proposta da Reforma da Previdência, proposta essa que deve mexer na forma atual de trabalhadores se aposentarem e com isso, trabalhadores terão que trabalhar a mais para poder conquista o direito da aposentadoria.

Essa proposta da Reforma da Previdência é apontada como uma das metas impostas pelo presidente Michel Temer, como meta do seu governo e gera muita polêmica não só entre a classe política, mas a sociedade em geral.

Aqui na Paraíba os senadores Raimundo Lira e José Maranhão ainda não se pronunciaram de forma oficial, para explicarem seus posicionamentos. Pelo lado peemedebista, o deputado federal Veneziano Vital do Rêgo já anunciou que votará contra a proposta.

Punições

Na prática, com o fechamento de questão, o PMDB poderá punir deputados e senadores que votarem contra a proposta. As punições nesses tipos de caso variam e podem até levar um parlamentar à expulsão da legenda.

Após a reunião da Executiva, o presidente do PMDB, senador Romero Jucá (RR), afirmou que não foi fixada uma punição específica. Segundo ele, as sanções serão estabelecidas posteriormente, caso a caso, pela Comissão de Ética do partido.

você pode gostar também Mais do autor

1 comentário

  1. Glauco dos Santos Gouvêa Diz

    Golpistas são sempre golpistas! Esses traidores do povo serão castigados nas eleições. “Aproveitem” enquanto é tempo. Já estão bilionários e ainda querem mais. Golpistas, traidores e canalhas.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.