Em Sapé, Prefeitura deixa de repassar consignados ao Bradesco e servidores tem nomes negativados

Há exatos seis meses à Prefeitura Municipal de Sapé não repassa ao Banco Bradesco o montante descontado em folha dos servidores públicos. A denuncia partiu do presidente da Câmara Municipal da cidade, vereador Jonhy Rocha.

– A denuncia é grave. Isso é caso de improbidade administrativa do prefeito Roberto Feliciano. A Justiça, através do Ministério Público, não pode deixar esse tipo de coisa acontecer. A Prefeitura está recolhendo o suado dinheiro do servidor e deixando de repassar a instituição bancária. Avaliou o presidente.

Segundo Rocha, os servidores que fizeram o empréstimo consignado no Bradesco estão tendo os seus nomes negativados.  “O fato é que a Prefeitura de Sapé está recolhendo o dinheiro do servidor e não repassando ao Bradesco. Para onde está indo esses valores recolhidos pela gestão municipal”, avaliou.

 

 

você pode gostar também Mais do autor