PB fecha mais de 7 mil empregos nos últimos 12 meses, mas acumulado é negativo

A Paraíba fechou 7.312 postos de trabalho com carteira assinada nos últimos 12 meses, segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgado nesta segunda-feira (20) pelo Ministério do Trabalho (MTb). No acumulado do ano de 2017, o saldo também ficou negativo, com 2.926 postos de emprego a menos.

Apesar desse saldo negativo no acumulado, o estado criou 914 novas vagas de emprego formal em outubro de 2017. Esse é o melhor resultado para o mês desde 2014 – o estado registrou saldos negativos em 2015 e 2016.

O saldo positivo do mês foi influenciado principalmente pela criação de novas vagas nos setores de indústria da transformação, com 434 novos postos de trabalho, e agropecuária, com 306 novas vagas.

Tiveram o pior desempenho em outubro os setores da construção civil, serviços industriais de utilidade pública (SIUP) e extrativa mineral, com perda de 89, 10 e 4 vagas de trabalho no mês.

A cidade que mais criou vagas de emprego formal em outubro foi Campina Grande, com 422 novos postos. Por outro lado, Bayeux teve o pior resultado, com menos 103 vagas.

No acumulado dos últimos 12 meses, Patos teve o melhor desempenho, com um saldo positivo de 464 vagas. João Pessoa e Campina Grande tiveram as maiores perdas de postos de trabalho, influenciando o resultado do estado, com menos 3.229 e 2.053 postos de trabalho.

G1 Paraíba

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.