Procon-JP notifica postos que aumentaram preços dos combustíveis

Postos de combustíveis da Capital estão sendo notificados pela Secretaria Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon-JP) para que expliquem o aumento de preço que ocorreu nos últimos dias. A notificação requer a apresentação das duas últimas notas fiscais de compra do produto junto às distribuidoras. Dos 102 postos que estão atividade em João Pessoa, 30 já foram visitados.

Os novos preços da gasolina em João Pessoa começaram a ser notados pelo consumidor na terça-feira (14) passada. De acordo com o secretário Helton Renê, a fiscalização do Procon-JP está percorrendo esses estabelecimentos para verificar se há indícios de abusividades nesses aumentos. “Estamos atentos a esses aumentos noticiados pela Petrobras. Se as distribuidoras estão repassando esses reajustes para os postos, cabe saber se o produto ora comercializado já foi adquirido com um preço maior e se o aumento é realmente o que foi liberado pelo Governo Federal”.

E acrescenta: “Essas informações só poderemos saber através das últimas notas fiscais de compra do produto. Essa fiscalização também é necessária porque o aumento foi verificado na maioria. Será que todos que elevaram o preço o estoque antigo da gasolina acabou ao mesmo tempo? É esse tipo de pergunta que os postos têm que responder”.

Pesquisa – Uma nova pesquisa comparativa de preço está sendo realizada pela equipe do Procon- JP. Na pesquisa realizada no dia 8 de novembro, o menor preço do litro da gasolina estava a R$ 3,494, apresentando uma redução de R$ 0,135 centavos em relação ao levantamento realizado no dia 24 de outubro, que era de R$ 3,629. “Vamos continuar monitorando os preços desses produtos através de nossas pesquisas, uma forma de constatar se há abusividade nesses últimos aumentos”, afirmou o secretário.

O maior preço da gasolina já tinha apresentado uma leve alta na pesquisa do dia 8 de novembro, que passou de R$ 3,890 para R$ 3,950. O levantamento comparativo também verificou que 61 postos tinham baixado o preço do produto.

Atendimento do Procon-JP:
Sede: Avenida Pedro I, nº 473, Tambiá – de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h;
Telefones: 0800 083 2015; 3214-3040; 3214-3042 ou 3214-3046;
Procon-JP no MP: Parque da Lagoa, nº 300, Centro – de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.