Prorrogação sobre estudo da obra na Barreira do Cabo Branco recebe críticas

O vereador Bruno Farias (PPS) usou a tribuna da Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP), na sessão ordinária desta quinta-feira (9), para criticar a gestão municipal pela prorrogação da apresentação de estudo sobre as obras para conter a erosão da Barreira do Cabo Branco. Segundo o parlamentar, em audiência pública realizada na Casa em abril, a secretária do Planejamento, Daniela Bandeira, afirmou que o estudo sairia em 120 dias.

 

“Em audiência nesta Casa, Daniela Bandeira disse que o estudo do projeto executivo sairia num, prazo de 120 dias, a gestão se comprometeu com a cidade. Mas no dia três de novembro me espantei com a publicação no Semanário Oficial com a prorrogação por mais 120 dias desse prazo, assinada em setembro. Como acreditar nessa gestão? Que agora, além de omitir, passou a mentir não só para a bancada de oposição, mas para a de situação e para a população de João Pessoa?”, indagou.

 

O parlamentar ainda destacou os esforços da bancada da oposição desde o começo do ano na cobrança à Gestão Municipal e também à Superintendência de Administração do Meio Ambiente (Sudema) no desenvolvimento de ações de proteção da Barreira do Cabo Branco, com visitas aos órgãos e à própria barreira.

 

“O que vemos são barreiras colocadas pela prefeitura para não efetivar o projeto que vem a salvar essa falésia, esse pronto geológico, ecológico, turístico tão essencial da nossa sociedade”, afirmou Bruno Farias.

 

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.