Caminhões tanques param atividades e cidades da Paraíba podem ficar sem combustível

Motoristas de caminhão que transportam combustível do centro de distribuição da Petrobras, no Porto de Cabedelo, estão com as atividades paralisadas em protesto por melhores condições de trabalho.

A ação é organizada pelo Sindicato dos Motoristas e Ajudantes de Entregas do Estado da Paraíba (SINDMAE-PB) e é por tempo indeterminado, o que pode deixar as cidades paraibanas sem combustível.

O secretário-geral do SINDMAE-PB, Vilson de Oliveira, informou que  entre as principais reivindicações está a construção de um pátio para estacionamento dos caminhões com espaço para descanso e banheiro.

Outra reivindicação é uma fiscalização na balança que pesa o combustível, levando em consideração que os profissionais desconfiam que as cargas estão com peso abaixo do repassado.

O objetivo da paralisação é chamar a atenção dos órgãos governamentais e também do Ministério Público Estadual.

Caso as negociações não avancem, os caminhoneiros planejam fechar o entroncamento das BR-230 e BR-101 em João Pessoa.

 

MaisPB

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.