Ricardo manda recado para Romero: “devia pedir desculpas ao povo de Campina”

“O que o prefeito de Campina Grande deveria fazer era pedir de público desculpas ao povo de Campina Grande por ter sido contra ao fim do racionamento de água na cidade e em mais 18 municípios”. A declaração foi dada pelo governador do Estado Ricardo Coutinho ao comentar sobre a polêmica suspensão do racionamento de água em Campina Grande. Ricardo Coutinho afirmou que o discurso dos seus opositores é meramente político e muito cruel com a população que sofre com a falta d’água. “O açodamento é muito cruel e severo. Apenas um pequeno grupo achar que é politicagem, é de uma brutalidade tamanha e a política não pode ser uma guerra de interesses. Esse debate sobre o fim do racionamento é típico de uma política atrasada”, disparou.

O governador lembrou que meses atrás o Cariri saiu do racionamento com as mesmas águas da transposição e não houve nenhuma crítica em relação a isso. “O que me chateia é essa polêmica. Nós retiramos o Cariri com a falta de água e ninguém falou nada. A mesma água que chega aqui em Campina é a mesma que tirou o Cariri do isolamento”.

Ricardo Coutinho ainda ressaltou os investimentos que o Governo vem fazendo no Estado. Ele destacou a inauguração da quarta adutora de água tratada que para Campina Grande “ e, brevemente, inauguraremos a adutora Nova Camará que beneficiará também os campinenses. A Paraíba é um estado muito diferente do que era; nós avançamos muito em obras hídricas. São cerca de 1380 quilômetros de adutoras já construídas”, ressaltou.

Relembrando o caso – Campina Grande e região vinha sofrendo com o regime de racionamento desde o mês de dezembro de 2014, quando o açude de Boqueirão apresentou menos de 2,8% da sua capacidade máxima. O manancial só voltou a receber recargas significativas de água depois da chegada das águas da Transposição do Rio São Francisco, em abril deste ano.

você pode gostar também Mais do autor