José Maranhão expressa na tribuna do Senado pesar pela morte de D. José Maria Pires

O senador José Maranhão (PMDB-PB) apresentou na tribuna do Senado Federal, voto de pesar pela morte de dom José Maria Pires, arcebispo emérito da Paraíba. Dom Pelé, como era conhecido, tinha 98 anos e morreu no último domingo (27) em Belo Horizonte (MG).

Dom Pelé foi, ao lado de dom Hélder Câmara (1909-1999), um dos líderes da chamada ala progressista da Igreja Católica durante a ditadura.

Maranhão citou uma frase do religioso, segundo ele “repetida em cada recanto da Paraíba”: “Enquanto imperar a fome, a miséria e o analfabetismo; enquanto não se respeitar no pobre, no camponês e no operário a dignidade da pessoa humana, os cristãos não estarão sendo cristãos.”

 

Agência Senado

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.