Comissão da CMJP aprova projeto que concede o nome de Pedro Alberto Coutinho à Unidade de Conservação no Róger

A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara Municipal de João Pessoa aprovou um Projeto de Lei de autoria do vereador Lucas de Brito (PSL/Livres) que concede o nome do vereador Pedro Alberto Coutinho à Unidade de Conservação Ambiental no bairro do Róger. Pedro Coutinho faleceu no mês de maio, vítima de infarto fulminante durante um jogo de futebol na Vila Olímpica Parahyba, na Capital.

O parlamentar tinha atuação reconhecida no bairro em que funcionava o antigo Lixão. De acordo com Lucas de Brito, a proposição tem o objetivo de prestar justa homenagem ao vereador. “A retirada do Lixão do Roger foi uma das grandes lutas das quais Pedro Alberto Coutinhoparticipou arduamente, conseguindo êxito e beneficiando o povo de João Pessoa”, justificou.

Professor de Direito, Legislação e Inglês, Pedro Alberto de Araújo Coutinho tinha 57 anos e era o vereador em exercício mais antigo da Câmara Municipal de João Pessoa, com sete mandatos, sendo o primeiro deles em 1982. No último, em 2016, foi eleito com 4.704 votos. Em 34 anos de vida pública, foi também secretário de Ação Social, Chefe de Gabinete da Prefeitura de João Pessoa, Secretário-Chefe da Casa Civil e Superintendente do Instituto de Previdência Municipal (IPM). Deixou esposa e três filhos.

“Nada mais justo do que prestarmos essa singela homenagem a esse ilustre cidadão que muito fez em vida por dezenas de pessoenses”, continuou Lucas de Brito. O texto aprovado na CCJ segue para o Plenário da Casa, onde será apreciado pelos demais vereadores.

você pode gostar também Mais do autor