Cartaxo diz que oposição quer desestabilizar sua gestão, nega demissões e mudanças na sua equipe

O prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PSD), esclareceu as especulações a respeito da saída do vereador Helton Renê (PcdoB), disse que a tentativa de instalação de CPI da Lagoa pretende desgastar a gestão e negou mudanças na Seinfra, após as denúncias feitas pelo líder da oposição, Bruno Farias (PPS).

Cartaxo afirmou que tem muito respeito pela Câmara dos Vereadores, inclusive a oposição, lembrou que foi vereador e que sempre agiu com responsabilidade. “Sempre agi com responsabilidade”, disse defendendo que os vereadores façam seus mandatos com ações propositivas e “quando fizer uma denúncia que seja com responsabilidade”.

O gestor garantiu que a prefeitura tem sido um facilitador das investigações acerca das obras da Lagoa e que vem liberando documentos desde 2015, liberando documentos. “Nossa gestão tem essa marca da transparência que busca facilitar o processo e vamos trabalhar nessa direção”, disse.

Mudança de líder – Cartaxo afirmou apenas que este debate não está pautado e que a Câmara está praticamente encerrando o primeiro semestre. Ele revelou que serão feitas reuniões, mas que a mudança do líder da bancada não está pautada.

CPI da Lagoa – Para o prefeito o esforço para a instalação da CPI para investigar supostas irregularidades nas obras da lagoa, são uma tentativa de desgastar a gestão, apentando investimentos realizados na cidade.

 

Portal Paraiba

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.