Oposição diz ter assinaturas suficientes para emplacar CPI dos codificados na ALPB

O deputado estadual Bruno Cunha Lima (PSDB) revelou nesta quarta-feira (24), que a oposição já reuniu a quantidade suficiente de assinaturas para dar início a uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) a fim de investigar a contratação dos funcionários codificados no Governo do Estado.

“São mais de oito mil funcionários que burlam a Constituição porque ingressaram no funcionalismo público sem um concurso, nem contratação excepcional, nem como comissionados. Nós queremos que o governo regularize esses trabalhadores”, disse.

 

Por outro lado, o líder do governo na Assembleia Legislativa (ALPB), Hervázio Bezerra (PSB), afirmou que a questão dos codificados era de conhecimento público. De acordo com o socialista, foi preciso utilizar esse tipo de contrato pelo crescimento dos hospitais criados pelo governo paraibano.

“Só quem não conhecia o tema eram os deputados. Foi preciso Manoel Isidro [presidente do Sindifisco-PB] dizer que todos os codificados e suas unidades de trabalho estão no Sagres. Não foi Ricardo Coutinho (PSB) que criou isso, foi ele quem deu transparência”, garantiu.

você pode gostar também Mais do autor