Projeto de Cássio garante cotas para deficientes nas Instituições Federais de Ensino

O Ministério da Educação comunicou ao senador Cássio Cunha Lima (PSDB-PB) que já recomendou ao presidente Temer, a sanção do Projeto de Lei de autoria do senador paraibano que estabelece novos critérios nas cotas de ingresso nas instituições federais de ensino.

DIREITO – “Muitos são favoráveis a cotas e outros são contrários. Aqui essa não é a discussão. Minha ação objetiva reparar uma grande injustiça: se há cotas, com maior razão, é preciso não deixar de fora os deficientes”, declarou o senador Cássio.

DIGNIDADE – Ainda conforme entendimento do senador, “somente quem vive e sente a angústia dos pais e dos próprios deficientes quanto a incerteza de seus futuros, do que vai acontecer com eles, pode avaliar o que essa Lei representará a partir do início da sua vigência.”.

ECONOMIA – Um dos aspectos mais importantes da nova Lei de Cotas que o senador Cássio Cunha Lima alertou é que tendo os deficientes físicos a garantia de inserção no mercado, além da produção de riqueza que eles irão gerar com o seu trabalho, haverá economia para o país, pois eles não ficarão na dependência de pequenos benefícios previdenciários que a rigor não suprem as suas reais necessidades.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.