Wilson Filho lança carta em defesa da instalação do hospital Sarah

O deputado federal Wilson Santiago (PTB) lançou uma carta em defesa da instalação de uma unidade do hospital Sarah na Paraíba, durante a partida do “Futebol Solidário”, realizado na última sexta-feira (20). Ele lembrou que 27,7% dos paraibanos possuem algum tipo de deficiência e a instalação da unidade da rede Sarah seria fundamental para atender, principalmente as pessoas mais carentes que não tem condições de sair do Estado em busca de ajuda.

“Já contamos com um terreno, doado pela Superintendência do Patrimônio Geral da União (SPU) no Estado que reúne todas as condições para abrigar a unidade hospitalar. Agora precisamos de mobilização para que esse sonho se concretize”, destacou o deputado.

De acordo com Wilson Filho, no Nordeste apenas as capitais do Ceará, Fortaleza, e da Bahia, Salvador, possuem uma unidade Sarah. O parlamentar destacou ainda que o Sarah também atende crianças com microcefalia e instalado no Estado poderia atender aos 125 casos confirmados, além dos 338 que estão sendo investigados.

“Vamos nos unir e juntar forças para que a rede Sarah se instale em nosso Estado. Esta luta é de todos os paraibanos”, afirmou Wilson Filho.

A íntegra da Carta:

Pelo Sarah na Paraíba

A Paraíba precisa de uma unidade do Hospital da Rede Sarah. A população paraibana necessita de serviços especializados para que tenha uma melhor qualidade de vida e não precise se deslocar até outros Estados para receber um tratamento adequado. Acredito que unindo forças e nos mobilizando conseguiremos alcançar o nosso objetivo.

Já contamos com um terreno, doado pela Superintendência do Patrimônio Geral da União (SPU) no Estado que reúne todas as condições para abrigar a unidade hospitalar. Agora precisamos de mobilização para que esse sonho se concretize.

Atualmente 27,7% dos paraibanos possuem algum tipo de deficiência e a instalação do Hospital da rede Sarah seria fundamental para atender, principalmente as pessoas mais carentes que não tem condições de sair do Estado em busca de ajuda. No Nordeste apenas as capitais do Ceará, Fortaleza, e da Bahia, Salvador, possuem uma unidade Sarah.

Além disso, a Paraíba tem 125 casos confirmados de microcefalia e 338 estão sendo investigados. A unidade tem todos os requisitos para o atendimento dessas crianças que precisam de uma atenção especial. Em São Luís, por exemplo, o Sarah vem dando todo o suporte para esse tipo de tratamento, trazendo esperança para as pessoas que acometidas dessa patologia, podendo ter uma melhoria na qualidade de vida, caso tenham o tratamento adequado e recebam os estímulos corretos.

O hospital é um centro de reabilitação que nasceu, na década de 1960, em Brasília, a partir de uma iniciativa de Sarah Kubitschek, esposa do ex-presidente do Brasil Juscelino Kubitschek, que faleceu em 1976. Com um trabalho desenvolvido por profissionais de várias especialidades da saúde que atuam de forma integrada, a rede tem unidades em sete cidades brasileiras, além do Distrito Federal. No Nordeste, está em São Luís, Salvador e Fortaleza.

Vamos nos unir e juntar forças para que a rede Sarah se instale em nosso Estado. Esta luta é de todos os paraibanos!

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.