Assembleia recebe visita de deputados sergipanos e garante comitiva no encontro da Unale

A Assembleia Legislativa irá mandar uma comitiva para a Conferência da Unale (União Nacional dos Legisladores e Legislativos Estaduais). Foi o que garantiu nesta quarta-feira (18) o presidente Adriano Galdino, durante visita do presidente da Assembleia Legislativa de Sergipe, Luciano Bispo, e o deputado Pastor Antônio.

A Conferência, que ocorre de 1º a 7 de junho na Capital Sergipana, e vai reunir parlamentares de todo o país. Para o presidente Adriano Galdino, só com a união há força para resolver os problemas do país, em especial a questão hídrica.

“É necessário que se pense em outras duas obras de transposição: a transposição do Rio Tocantins para o São Francisco e do Rio Negro para o Rio Tocantins. Só desta forma poderemos ter água em abundância”, afirmou. Ele alertou ainda para a urgência da questão hídrica de Campina Grande que, segundo o presidente, encontra-se em situação extrema e complicada”, defendeu.

Já o presidente do Poder Legislativo Sergipano, Luciano Bispo, fez uso da tribuna e destacou que os deputados sergipanos têm visitado as Casas Legislativas de todo o Brasil com o intuito de unir os parlamentares. O presidente demonstrou preocupação com o Rio São Francisco e garantiu que este será um tema abordado durante a conferência da Unale em Sergipe.

Já o deputado sergipano Pastor Antônio agradeceu ao presidente Adriano Galdino pelo espaço para fazer o convite aos parlamentares. O Pastor destacou a escolha do estado de Sergipe para celebrar a comemoração dos 20 anos da Unale. De acordo com o parlamentar sergipano, na cerimônia, será lançado o selo de 20 anos da Unale. “Será uma conferência muito importante. Queremos contar com a participação efetiva da Assembleia da Paraíba em Sergipe”, concluiu o parlamentar.

Sessão

Durante a 34ª Sessão Ordinária, o deputado Buba Germano fez uso da tribuna para demonstrar preocupação com a conclusão das obras da Transposição após o presidente interino da República Michel Temer assumir o cargo. Buba lembrou que o andamento das obras da Transposição já chega a 90% e cobrou conclusão das obras ainda este ano. “Nós aguardamos com muita apreensão que até o final do ano, realmente, que essa água chegue a nossa Paraíba”, alertou Buba.

Já o deputado Frei Anastácio, criticou a determinação da Justiça Federal, através da concessão de liminar pela juíza Vanessa Figueiredo dos Santos Silva, que proíbe integrantes do Movimento Sem Terra (MST) de interditarem rodovias da Paraíba durante manifestações. “Essa medida representa um grande retrocesso na sociedade paraibana e brasileira. É uma posição clara de criminalizar os movimentos sociais. É uma decisão autoritária”, disse.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.