Banco Cidadão ultrapassa marca dos R$ 30 mi em investimentos na Capital

O Banco Cidadão da Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP) atinge a marca de R$ 30 milhões em investimentos nos micronegócios da cidade, desde sua criação em 2013. O microcrédito social soma a quantia de R$ 30.581.381, nesta terça-feira (17), com a liberação de crédito no valor de R$ 1.332.900 ocorrida no Paço Municipal.

“Ultrapassamos a marca histórica de R$ 30 milhões investidos durante a administração do prefeito Luciano Cartaxo nos mais diversos negócios de João Pessoa. A quantia evidencia o apoio do Banco Cidadão na abertura ou ampliação de atividades produtivas. Foram firmados, no período, 7.408 contratos de crédito”, comemora o secretário-adjunto do Trabalho, Produção e Renda, Paulo Vieira.

O secretário de Comunicação Social, Diego Tavares, que foi secretário do Trabalho durante dois anos, representou o prefeito Luciano Cartaxo na solenidade e destacou que a visão do gestor é de incentivar o empreendedorismo. “O Banco Cidadão está nos quatro cantos da cidade, dando oportunidade a quem quer abrir seu negócio, o que contribui para o crescimento da economia”.

O taxista Delcio José Bevilacqua foi um dos 264 beneficiados na liberação de contratos. Este já é o segundo empréstimo obtido no Banco Cidadão. “Vou usar o crédito para trocar meu carro. No outro empréstimo que contratei eu fiz à mesma coisa. Eu tinha um Classic e troquei por um Grand Siena. Vou manter o mesmo modelo, mas vou ficar com um carro do ano, que dá mais conforto para meus clientes e facilidade para mim na manutenção”, contou.

Atividades – As atividades que mais demandam crédito do Banco Cidadão desde 2013 são: vestuário (R$ 6,4 milhões), alimentação (R$ 6,3 milhões), beleza (R$ 4,1 milhões), mercearia (R$ 1,1 milhão), oficina mecânica (R$ 827 mil), armarinho (R$ 799 mil) e artesanato (R$ 778 mil). No acumulado deste ano, o Banco Cidadão concedeu crédito de R$ 3.100.600 a 603 empreendedores.

Crédito – O microcrédito social do Banco Cidadão é de até 10 salários mínimos (R$ 8.800) para a modalidade investimento fixo mais capital de giro, ou de até quatro salários mínimos (R$ 3.520) para apenas capital de giro. A taxa de juros é de 0,9% ao mês. O prazo de pagamento é de até 24 meses, com carência de três meses para investimento fixo mais giro, ou até 12 meses para capital de giro. Neste caso, não há carência.

As inscrições são realizadas na Secretaria do Trabalho, Produção e Renda, na Avenida Cardoso Vieira, 85, de segunda à quarta-feira, das 8h às 14h. É preciso apresentar original e cópia de RG, CPF e comprovante de residência atual. O empreendedor deve ter idade a partir de 18 anos e morar em João Pessoa há, no mínimo, seis meses. Não é preciso estar formalizado. Pessoas com nome nos cadastros de proteção ao crédito e servidores da Prefeitura não podem ser contemplados.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.