Raoni Mendes usa a tribuna para lamentar o caos na Capital com as chuvas e diz que gestão de Cartaxo é uma ‘catástrofe’

O vereador Raoni Mendes disse, nesta terça-feira (19), durante pronunciamento na tribuna da Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP) que a Administração da Capital tem provocado uma catástrofe por conta das obras mal feitas. O parlamentar afirmou que a má gestão do prefeito Luciano Cartaxo (PSD) tem atingido a população, que sofre com as chuvas.

Raoni ressaltou que a obra da Lagoa do Parque Solon de Lucena, que deveria acabar com o caos provocado pelo alagamento da região em dias de chuva, tem sido feita sem responsabilidade e o descaso tem piorado o trânsito de veículos e pedestres no Centro da Cidade. O parlamentar citou a galeria que foi construída para evitar transbordamento.

“O que a prefeitura escondeu é que a tal galeria, todas as vezes que escoa a água da Lagoa, promove um dilúvio na avenida Guedes Pereira. São as camadas de asfalto reviradas e peixes brotando do pavimento. Ninguém, nenhum engenheiro, nenhum profissional viu que isso aconteceria? Não foram feitos estudos de vazão? O prefeito está pensando que o dinheiro do povo é brincadeira? Onde está a responsabilidade de quem banca uma obra que ao ser utilizada detona outras? Quem será responsabilizado por essa incompetência?, questionou Raoni.

Na ocasião, o vereador também cobrou explicações para as obras que deveriam está sendo realizadas na avenida Beira-Rio. A obra teve início no ano de 2014 e ainda não tem previsão para ficar pronta.”Tem sido metade de um mandato para fazer uma ponte e 11 meses de bloqueio parcial no trânsito para não ter nenhum resultado. O que vimos foi o caos este fim de semana, que deixou muita gente no prejuízo por causa do alagamento”, disse.

Raoni concluiu sua fala lamentando que a PMJP tem causado uma catástrofe com sua administração equivocada. Também citou o descaso com o bairro São José, onde casas foram demolidas e o entulho permanece no local provocando transtornos por causa da chuva.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.