Wilson Filho segue bancada do PTB e votará a favor do impeachment de Dilma

O deputado federal Wilson Filho (PTB) seguirá a orientação do seu partido e votará a favor do impeachment da presidente Dilma Rousseff. A reunião para definição do posicionamento da bancada trabalhista foi realizada nesta quarta-feira (13), em Brasília. Atualmente, o parlamentar ocupa o posto de líder da legenda na Câmara Federal e foi responsável por apresentar a decisão tomada pelos parlamentares.

“Nos reunimos para definir um posicionamento único da bancada. Eu, particularmente, ouvi as minhas bases (prefeitos e vereadores), ouvimos lideranças e analisamos friamente todos os pontos que foram elencados. Por maioria, decidimos que em decorrência dos sucessivos escândalos e da crise econômica e política não existe possibilidade da presidente continuar no poder”, comentou.

De acordo com o parlamentar, outro ponto fundamental para que a bancada definisse posicionamento único foi o parecer do deputado Jovair Arantes (PTB-GO), líder do partido na Câmara e relator da Comissão Especial do Impeachment. “Os argumentos apresentados também nos convenceram dos crimes cometidos e de que o melhor para o País é apoiar o impeachment”, destacou.

Wilson Filho disse ainda que o apelo popular foi decisivo nessa tomada de decisão partidária. “A população foi às ruas cobrando mudanças. Diariamente somos abordados através de redes sociais, ligações, e-mail e pessoalmente por pessoas nos pedindo uma posição favorável ao impeachment. Como representantes do povo, precisamos ecoar esta voz”, argumentou.

Pesquisa – O parlamentar lembrou que o instituto Datafolha divulgou pesquisa mostrando que 61% dos brasileiros defende o impeachment e 33% são contrários. Os entrevistados também foram ouvidos sobre a avaliação do governo. A reprovação do governo Dilma continua alta, 63% dos entrevistados consideravam o governo ruim ou péssimo. A pesquisa ouviu 2.779 pessoas, nos dias 7 e 8 de abril, em 170 municípios. A margem de erro é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos.

Tramite do impeachment – Na sexta-feira (15) será aberta sessão no Plenário para discutir o parecer do deputado Jovair Arantes, aprovado em comissão especial, que recomenda a abertura do processo de impeachment. Às 11 horas do sábado (16), começará uma nova sessão para continuar a discussão do parecer. Já no domingo (17), a partir das 14 horas, acontecerá a sessão de votação do parecer. O início da votação está previsto para as 15 horas.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.