Ministério Público Federal abre procedimento investigativo de possíveis irregularidades nas obras da Lagoa

O Ministério Público Federal (MPF) na Paraíba abriu um procedimento investigativo para apurar denúncias de irregularidades envolvendo as obras de revitalização do Parque Solon de Lucena.

As investigações, que estão em fase inicial, tem como base o relatório da Controladoria Geral da União (CGU), que apontou prejuízos financeiros na obra, cujo prazo de conclusão está previsto para junho próximo.

De acordo com o procurador da República Yordan Delgado, o relatório da CGU, que integra os autos, já foi analisado pelo MPF. Ele adiantou que serão tomadas medidas investigativas que, por enquanto, não podem ser anunciadas.

O relatório da Controladoria Geral da União sugere desvio de milhões das obras de revitalização do Parque Solon de Lucena. A maioria dos recursos investidos na obra são do Governo Federal e, segundo a CGU, teriam sido desviados pela Prefeitura Municipal de João Pessoa.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.